Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

“A crise não eclipsou o poder dos EUA”

Paul Kennedy e Nuno Monteiro, professores na universidade de Yale, nos EUA

A crise financeira de há dez anos é um “pontinho significativo” no radar da história económica, mas não passa disso. “Na sequência da crise de 2008 não houve uma mudança sísmica” nas relações de força entre as grandes potências económicas e os Estados Unidos continuam a conservar a hegemonia, refere Paul Kennedy, professor de História na Universidade de Yale, nos EUA. Ele é considerado um dos ‘pais’ da geopolítica moderna. Este ano o seu livro de referência, “Ascensão e Queda das Grandes Potências”, faz 30 anos e alterou a forma de encarar as mudanças globais ao mostrar que a “economia internacional tem um lugar central na geopolítica”, nas palavras de Nuno Monteiro, o académico português que, no ano passado, substituiu Kennedy na direção do centro International Security Studies naquela Universidade. Os dois foram entrevistados pelo Expresso tendo como pano de fundo a guerra comercial entre Washington e Pequim e as ambições da China à escala global.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)