Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Ministério Público quer perceber intervenção de Manuel Pinho no negócio da Artlant em Sines

O projeto foi considerado de Potencial Interesse Nacional, mas levou a que a Caixa Geral de Depósitos perdesse 520 milhões de euros

O Ministério Público quer investigar a intervenção que Manuel Pinho teve, enquanto ministro da Economia, num investimento que acabou por revelar-se ruinoso para o Estado. Em causa está a petroquímica Artlant, instalada em Sines, em 2008, graças ao apoio do Governo de José Sócrates.