Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Cultura. O IVA dos espetáculos baixa, os preços logo se vê

O Governo quer descer o IVA dos espetáculos, mas apenas para os que ocorrem em salas fechadas

FOTO RUI DUARTE SILVA

O Governo quer baixar o IVA mas só para espetáculos em salas fixas, o que está a gerar grande controvérsia no setor. Seja como for é duvidoso que o consumidor saia a ganhar com preços de bilhetes mais baixos

Subir impostos e desencadear ondas de contestação faz parte da ordem natural das coisas, mas decidir baixá-los e, em vez de recolher aplausos, semear críticas, já não é assim tão comum. Está contudo a acontecer no caso do IVA da cultura, onde aquilo que aparentemente seria uma boa notícia rapidamente se transformou num dos principais focos de contestação pública à proposta de Orçamento do Estado para 2019. Apesar do desgaste político e da perda de receita, a medida arrisca-se a nem ter impacto relevante no bolso dos contribuintes.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)