Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Banco de Portugal envia RERT de Pinho ao Ministério Público

Pinho tornou-se arguido em julho de 2017, estatuto anulado em maio de 2018

FOTO LUÍS BARRA

Nova juíza de instrução do processo da EDP aprovou o acesso do DCIAP à amnistia fiscal do ex-ministro

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

É uma das primeiras decisões da nova juíza de instrução criminal que acompanha o processo 184/12, que corre no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP). Os procuradores que investigam suspeitas de corrupção envolvendo a EDP e o antigo ministro da Economia Manuel Pinho vão ter acesso a informação detalhada sobre a adesão do ex-governante ao RERT — Regime Excecional de Regularização Tributária, apurou o Expresso.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)