Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Trabalhadores da Autoeuropa vão ter aumentos de 2,9% em cada um dos dois próximos anos

Bloomberg/Getty

Além do pagamento do trabalho ao domingo a 100%, que era uma das principais reivindicações dos funcionários da Autoeuropa, o novo acordo laboral contempla uma atualização salarial de 2,9% em cada um dos próximos dois anos, com um aumento mínimo de 25 euros para cada trabalhador

Os trabalhadores da Autoeuropa aprovaram nesta sexta-feira o novo acordo laboral, que prevê aumentos salariais de 2,9% e o pagamento do trabalho aos domingos a 100%, com 72,8% de votos favoráveis e 25,9% votos contra, anunciou a Comissão de Trabalhadores.

"Estou muito satisfeito pela participação dos trabalhadores no referendo, a maior de sempre (82,6%), e pela aprovação do acordo por 72,8% dos trabalhadores", disse à agência Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores da fábrica de automóveis da Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal. Segundo Fausto Dionísio, "trata-se de um ótimo acordo". "Sempre dissemos que íamos lutar por um bom acordo e foi isso que conseguimos, como os próprios trabalhadores hoje reconheceram", acrescentou o coordenador.

Além do pagamento do trabalho ao domingo a 100%, que era uma das principais reivindicações dos funcionários da Autoeuropa, o novo acordo laboral contempla uma atualização salarial de 2,9% em cada um dos próximos dois anos, com um aumento mínimo de 25 euros para cada trabalhador. O acordo laboral hoje aprovado garante, também, a integração nos quadros da empresa de 300 trabalhadores contratados a prazo até julho do próximo ano.

Em nota de imprensa, a que a agência Lusa teve acesso, a administração da Autoeuropa também já se congratulou com a aprovação do novo acordo laboral. "Os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa aprovaram hoje o acordo laboral para o período de 1 de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2020", refere o comunicado, salientando que, "num universo de 5.854 colaboradores, 72,8% aceitaram as condições previamente acordadas entre a Comissão de Trabalhadores e a administração da empresa".

Para a administração da Autoeuropa, "este acordo representa um marco importante na consolidação do crescimento da fábrica" e reconhece "o desempenho de toda a equipa no processo de transformação da Volkswagen Autoeuropa para uma unidade de grande volume de produção".