Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há dez anos que não se investia tanto em imobiliário

Em 2017 foram transacionados 226.617 imóveis em Portugal, mais 13,5% que no ano anterior. No toral foram investidos 24,3 mil milhões de euros no imobiliário, algo que já não era visto desde 2007

O total das transações imobiliárias realizadas em 2017, representou um investimento de 24,3 mil milhões de euros, mais seis mil milhões de euros que em 2016, numa variação homóloga de 33,5%.

Os dados, hoje divulgados pelo Gabinete de Estudos da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), referem ainda que em 2017 foram transacionados 226.617 imóveis (urbanos, rústicos e mistos), o que representou um aumento de 13,5% face ao período homólogo – muito próximo da estimativa inicial daquela associação que apontava para um aumento na ordem dos 15%.

“Estes números dizem apenas respeito ao investimento direto, porque indiretamente este valor multiplica-se com o investimento feito noutros sectores”, declara Luís Lima, presidente da APEMIP.

A Área Metropolitana de Lisboa foi a que agregou o maior valor de investimento, de mais de 12 mil milhões de euros (49,8% do total), seguindo-se a região Norte com 4,9 mil milhões de euros (20,3%) e o Algarve com 2,9 mil milhões de euros (11,9%).

“Apesar de haver mais transações na região Norte e Centro do que na Área Metropolitana de Lisboa, o valor investido na última é superior, representando quase metade do total do investimento feito em imobiliário em Portugal”, nota ainda o presidente da APEMIP.