Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Regulação ameaça OPA da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, gere desde maio uma empresa condicionada pela oferta pública de aquisição da China Three Gorges

fOTO JOSÉ CARIA

Oferta da China Three Gorges foi anunciada há seis meses, e há cada vez mais sinais de que poderá cair

A oferta pública de aquisição (OPA) que a China Three Gorges (CTG) lançou em maio sobre a EDP está em risco. Há meses que a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) não tem notícias da CTG, que ainda nem sequer iniciou negociações formais com a Comissão Europeia em torno desta operação. Um contexto que se agrava com a perspetiva de que um outro negócio, de dimensão bem menor, se prepara para ser travado pelo regulador da energia: a aquisição da empresa portuguesa de energias renováveis Generg pela estatal chinesa Datang.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)