Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Câmara de Lisboa vai suspender registos de alojamento local em cinco bairros

Foto Inês Duque

Suspensão abrange os bairros de Madragoa, Castelo, Alfama, Mouraria e Bairro Alto. Mas o “Estudo Urbanístico do Turismo em Lisboa” identifica outras áreas da cidade com “maior necessidade de monitorização”

A Câmara Municipal de Lisboa anunciou esta quinta-feira, em reunião privada do executivo, que vai suspender novos registos de alojamento local nos bairros de Madragoa, Castelo, Alfama, Mouraria e Bairro Alto.

A informação foi transmitida aos vereadores durante a reunião que decorreu esta manhã, nos Paços do Concelho, através da apresentação do “Estudo Urbanístico do Turismo em Lisboa”, ao qual a agência Lusa teve acesso. As restrições vão abranger as freguesias de Santa Maria Maior, Estrela e Misericórdia.

Além dos cinco bairros referidos, o estudo identifica como áreas com “maior necessidade de monitorização” as zonas da Baixa, dos eixos da Avenida da Liberdade, Avenida da República, Avenida Almirante Reis, do bairro da Graça, Colina de Santana, Ajuda e Lapa/Estrela, segundo o “Diário de Notícias”.

A 4 de outubro, a Câmara Municipal de Lisboa anunciou que iria apresentar ainda este mês uma proposta de contenção para limitar a abertura de novos alojamentos locais. O município estima que o regulamento municipal sobre esta matéria seja divulgado em novembro.

O diploma que permite às câmaras municipais e às assembleias de condóminos intervirem na autorização do alojamento local entra em vigor em 22 de outubro.