Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Ryanair acusa ANA de não investir no aeroporto de Lisboa

Presidente da companhia aérea irlandesa diz que a única coisa que a gestora dos aeroportos faz é subir taxas

A Ryanair acusou hoje a ANA - Aeroportos de Portugal de criar um “monopólio francês” em Lisboa por não permitir um aumento da capacidade aeroportuária nem apostar no Montijo, continuando antes a subir as taxas cobradas às companhias.

“A ANA está a tentar assegurar que não há capacidade suficiente para crescer [em Lisboa] para que possam subir as taxas”, considerou, em declarações à agência Lusa, o presidente executivo da empresa, Michael O'Leary, à margem de uma conferência de imprensa em Lisboa.

A seu ver, em causa está “um monopólio francês que controla a Portela”.

“A solução é criar mais capacidade no Montijo, que continua a ser adiada”, lamentou o responsável.