Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Dicas de poupança: faz ideia das comissões que anda a pagar no banco?

Com o comparador do Banco de Portugal, os utilizadores vão perceber que podem ter uma conta em Portugal com direito a cartão multibanco e não pagar rigorosamente nada pelo uso do mesmo

Foto Getty Images

A partir de agora, a desculpa de não saber onde vasculhar todos os preçários de todos os bancos para descobrir quanto lhe estão a cobrar por cada movimento que faz na sua conta está ultrapassada. O Banco de Portugal acaba de lançar o Comparador de Comissões bancárias, onde está tudo detalhado, por produto e por canal de comercialização

Pedro Andersson

Há bancos que cobram 100 euros ou mais só por ter uma conta aberta, mais o cartão de débito e o de crédito (mesmo que não os use). Quanto é que isso lhe custa, no seu caso específico? Provavelmente não sabe. Retiram um euro hoje, outro amanhã, mais três euros na semana que vem e acaba por nem dar por nada.

A partir de agora, já não pode dar a desculpa de que não tem tempo para andar a vasculhar os preçários do seu banco para descobrir quanto lhe estão a cobrar por cada movimentozinho que faz na sua conta bancária. O Banco de Portugal acaba de lançar o Comparador de Comissões bancárias. Tem todas as comissões de todos os bancos, por produto e por canal de comercialização. Isto que dizer que pode chegar ao detalhe de saber quanto custa pedir um caderno de cheques no balcão, no homebanking, pelo telemóvel, ou pelo telefone com auxílio do operador e sem o auxílio do operador. Por outras palavras, exatamente pelo mesmo serviço pode saber antecipadamente qual é o preço que vai pagar e qual é o canal que deve utilizar para ser mais barato e, eventualmente, até grátis dentro do mesmo banco, ou comparando com os outros bancos onde tem conta.

Este comparador é especialmente útil quando estiver a pensar abrir uma conta. Fica logo a saber quanto lhe vão cobrar todos os meses só em comissões de manutenção de conta.

Vamos a alguns exemplos práticos. Se tem um cartão de débito (o chamado multibanco) quase de certeza que paga uma anuidade (agora chama-se Disponibilização de cartão de débito). Mas quanto paga por ano?

Usando o comparador, acabei por descobrir coisas muito interessantes. Se, por exemplo, eu for cliente do Novo Banco pago (de acordo com o comparador) €20,28 por ano pelo cartão “NB Débito”. Mas, no mesmo banco, se pedir para substituírem o cartão multibanco pelo “NB Débito na Hora” fico a pagar apenas €10,40. Ou seja, metade. Tem de ver que características é que o mais barato não tem. Mas só aqui pode reduzir essa despesa para metade.

Por outro lado, fico logo a saber quais são os bancos que não cobram NADA pelo cartão multibanco: Activobank, BNI Europa e o Banco CTT.

Muitos de nós temos de ter um cartão de crédito para termos um spread mais baixo. Algumas pessoas pagam a anuidade do cartão de crédito apesar de não o usarem. O comparador pode ser útil também neste aspeto. Em primeiro lugar, fico logo a saber quais são os bancos que não cobram NADA pelo cartão: o Activobank e o Euro BIC (cartão EuroBic Soft), para além dos cartões não associados a bancos (há imensos que não cobram nada).

O curioso é que, por exemplo, na Caixa Geral de Depósitos se eu for “obrigado” a ter um cartão de crédito oferecem-me um dos mais caros: o “Caixa Classic” custa €18,72 por ano, mas eu posso perfeitamente pedir o cartão de crédito mais barato (“Caixa IN”) que, de acordo com o simulador, custa apenas €12,48 anuais. É só pedir para trocar e poupa cerca de seis euros. Se tiver o “Caixa Gold” (que custa €52 por ano) e não precisar dele, pode poupar cerca de 40 euros por ano com a transferência para o cartão mais barato.

Veja também os custos das Contas de Serviços Mínimos Bancários. Com o comparador vai perceber que pode ter uma conta em Portugal com direito a cartão multibanco e não pagar rigorosamente nada por ano. É o caso da CGD e do BPI (há também outros bancos mais pequenos que não cobram nada). As Caixas Agrícolas cobram na generalidade €3,54 por ano e os restantes bancos cobram o máximo ou quase (€4,28 anuais).

Tem o endereço do comparador AQUI. Se pesquisar no Google “comparador de comissões banco de portugal” também vai lá dar rapidamente.

Veja quanto pode poupar por fazer algumas escolhas simples na forma como se relaciona com o seu banco. E, sobretudo, esteja atento ao seu extrato bancário para ver as comissões que lhe cobram. Muitas delas são completamente desnecessárias porque tem muitas alternativas.