Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Banco de Portugal alerta jovens para pirataria online

Mensagem está a ser divulgada via conta de Instagram e pretende chamar a atenção para os riscos das operações financeiras online, bem como ensinar regras de proteção e como proceder em caso de ataque

“Tiraram-te dinheiro da conta sem autorização? Conhece os teus direitos e deveres. Não cedas à fraude”. A frase consta da mais recente publicação na conta de Instagram do Banco de Portugal (BdP) e surge associada a uma fotografia a remeter para um pirata informático, escondido por um capuz.

O post integra a campanha do BdP dirigida aos mais jovens, sobre os riscos associados às operações financeiras online, que arrancou com o início do ano escolar. “Os canais digitais permitem ao cliente bancário aceder, através da internet e de dispositivos móveis (como smarthphones e tablets), a produtos e serviços financeiros em qualquer altura e em qualquer lugar, de forma mais rápida e conveniente. Mas esta utilização também acarreta riscos relacionados com a segurança das operações, com o acesso mais facilitado a produtos e com a compra por impulso, que por vezes implica o recurso ao crédito”, menciona o regulador numa nota a explicar a iniciativa.

Para o BdP, os mais jovens são um alvo potencial da criminalidade financeira online, já que, embora sendo “o segmento da população que mais capacidade e facilidade tem no uso das novas tecnologias (…) tendem a ser mais confiantes, o que os pode levar a descurar algumas regras de segurança na utilização de canais digitais”.

Com a campanha #ficaadica, o regulador “pretende criar um movimento de promoção da educação financeira digital, divulgando cinco mensagens, durante cinco semanas, sobre cinco temas diferentes”.

As dicas têm vindo a ser publicadas através do Portal do Cliente Bancário e do Instagram. Posteriormente, “os materiais da campanha serão, depois, reunidos numa brochura dirigida a escolas secundárias de todo o país”.