Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Web Summit projeta Portugal “como um país da inovação e da tecnologia”

O primeiro-ministro defendeu esta quarta-feira que a continuação da Web Summit em Lisboa é a prova de que “Portugal é um país de oportunidades” que está e “vai continuar a mudar” e a criar emprego qualificado. A cimeira de tecnologia e inovação vai continuar a ser realizada em Lisboa por mais 10 anos, foi anunciado oficialmente esta manhã

"Se queremos mais emprego, é nisto que temos de apostar", acentuou António Costa num encontro no Altice Arena, em Lisboa, em que foi anunciada a continuação do evento em Portugal por mais dez anos.

António Costa fez uma breve intervenção para sublinhar que a Web Summit "é muito mais do que ter um motivo de atração para o turismo em Portugal", é um evento "capaz de projetar o país como um país da inovação e da tecnologia", além de ter deixado um encaixe de 30 milhões de euros de receita fiscal.

A Web Summit "é capaz de atrair para Portugal empresas altamente tecnológicas, que criam emprego e emprego qualificado", sustentou o chefe do executivo, sublinhando também a mensagem que se transmite às novas gerações: "Deve-se apostar em Portugal, não é por Portugal estar na moda, é porque Portugal mudou, está a mudar e vai continuar a mudar".
"Portugal é um país de oportunidades: para quem quer investir, empreender, pôr o desenvolvimento ao serviço do país e para quem quer ter emprego e emprego com melhor salário", acentuou.