Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Argentina: segunda ajuda do FMI em 100 dias

Christine Lagarde deu esta semana mais 7 mil milhões de dólares a Mauricio Macri

D.R.

Pacote financeiro de 50 mil milhões de dólares, que já era um recorde do Fundo, foi aumentado em mais 7100 milhões de dólares

Em linha com os sinais de apoio de líderes internacionais ao Presidente Mauricio Macri, uma referência do mercado livre contra as ameaças populistas na região, o Fundo Monetário Internacional (FMI) demonstrou que não está disposto a soltar a mão da Argentina na sua luta por superar a crise económica e por recuperar a confiança dos mercados. Se o resgate, há apenas três meses, atingia os 50.000 milhões de dólares (€42,8 mil milhões), agora foi ampliado para 57.100 milhões até 2021 (€48,9 mil milhões).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI