Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Banqueiro irlandês de topo a caminho do Novo Banco

Foto Tiago Miranda

Mark Bourke era o chefe da divisão financeira do Allied Irish Banks (AIB) desde abril de 2014 e está a caminho do NB. Segundo o Expresso apurou, será responsável máximo pela área financeira

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Em maio ganhou um galardão do jornal "The Irish Times" por tornar o Allied Irish Banks (AIP) numa das potências bancárias de Dublin. Agora, e de acordo com a edição do "The Sunday Times", Mark Bourke está a caminho do Novo Banco.

Segundo o jornal britânico, o responsável máximo pela área financeira, que anunciou a sua partida do AIB há poucos dias, terá sido convidado para assinar um contrato com o Novo Banco no início de 2019. O Expresso apurou entretanto que desempenhará as mesmas funções, assumindo o cargo de Chief Financial Officer CFO).

Não estará ainda definido se Bourke trabalhará diretamente com o Novo Banco ou será contratado pela Lone Star, dona de 75% da instituição, para a gestão de investimentos.

Bourke iniciou a carreira em 1989 na PricewaterhouseCoopers (PwC), onde acabou por ser tornar num dos sócios da auditora. Em 2006 era já um dos líderes do importante grupo financeiro irlandês IFG.

Oito anos depois transferiu-se para a AIB, transformando este banco numa "organização lucrativa e sustentável", de acordo como o "The Irish Times", que destaca papel deste gestor para o regresso do banco irlandês aos mercados de ações de Dublin e Londres.

Contactado pelo Expresso, o Novo Banco não prestou comentários.

Alvo da resolução do Banco de Portugal, há pouco mais de quatro anos, o Novo Banco regressou aos lucros no primeiro trimestre deste ano, mas a situação inverteu-se em junho. No final do semestre os prejuízos já estavam em €231,2 milhões e no mercado antecipa-se que assim continue até pelo menos 2020, como avançamos na edição deste fim-de-semana, continuando a exigir garantias públicas e injeções por parte do Fundo de Resolução.