Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Clientes da Vodafone, MEO ou NOS já podem ver canais da Eleven Sports na TV. Mas têm de pagar pelo menos 22,98 euros por mês

O diretor-geral da Eleven Sports, Danny Menken, diz que o melhor mercado da empresa é o polaco. E que Portugal pode tornar-se na próxima Polónia

Nuno Fox

Nowo lança esta quinta-feira uma box IP, com um custo de 79,99 euros, que dá acesso aos conteúdos da operadora em todo o território continental. Quem quiser aceder aos canais da Eleven Sports na televisão (e não em streaming) poderá fazê-lo por 9,99 euros por mês, aos quais tem de somar a mensalidade dos restantes canais da operadora

A Nowo lançou esta quinta-feira um serviço de IPTV (televisão por protocolo de internet) para permitir o acesso aos conteúdos da operadora de telecomunicações em todo o território continental. Para usufruir deste serviço é apenas necessário ter ligação à internet com uma velocidade mínima de 10 Mbps (Megabit por segundo), independentemente da operadora.

A box IP HD permite aos clientes da Vodafone, NOS e MEO subscreverem os canais da Eleven Sports na televisão. A distribuidora de conteúdos desportivos que entrou recentemente em Portugal contorna assim, como o Expresso noticiou há umas semanas, uma 'falha' que era apontada no acordo que fechou com a Nowo, que nem 10% do mercado tem, para a transmissão dos seus dois canais.

Mas esta solução traz custos acrescidos para os consumidores. Para verem os dois canais da Eleven Sports na televisão (em alternativa à plataforma de streaming, que a empresa também lançou a 15 de agosto e que custa 9,99 euros por mês), os portugueses terão de pagar 79,99 euros pelo equipamento e ainda a mensalidade da operadora e do canal.

Não é possível comprar a box apenas para subscrever os canais da Eleven Sports. Os portugueses têm de escolher uma das opções da Nowo (uma mensalidade de 12,99 euros por 33 canais ou 19,99 euros por 82) e pagar ainda a subscrição de 9,99 euros mensais já anunciada pela empresa liderada por Danny Menken. Ou seja, um total de 22,98 ou 29,98 euros por mês.

Apesar do lançamento da box, as negociações entre a Nowo e as restantes operadoras continuam, sabe o Expresso. Mas a ex-Cabovisão continua sem especificar em que ponto se encontram as conversações.

Recorde-se que a Eleven Sports tem, no mercado português, os direitos de transmissão televisiva da Liga dos Campeões, LaLiga espanhola, Ligue 1 francesa, Bundesliga, Supertaça alemã, Jupiler Pro League, Supertaça da Bélgica, Juventus TV e canal oficial do Arsenal, entre outros. Nas últimas semanas, a empresa adicionou ainda ao seu portefólio o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 (a partir de 2019), o PGA EuroPro Golf Tour e, nos dardos, World Grand Prix, Campeonato da Europa, entre outros.

Mas a box IP da Nowo não se limita aos canais Eleven. Permite a quem a adquirir aceder a 33 ou 82 canais da ex-Cabovisão, dando a possibilidade adicional de subscrição de um dos canais premium: além da Eleven Sports, disponibilizam ainda a Sport TV, BenficaTV (BTV), TVCine & TVSeries e Globo Now.

"Um ano depois do lançamento da Nowo TV, este lançamento permite à Nowo oferecer o seu serviço de TV fora da sua zona de cobertura atual, passando a ser uma opção para cada vez mais portugueses", afirma em comunicado Jorge Rodrigues, diretor de marketing da operadora, acrescentando que a Nowo alarga o conceito de mobilidade "a um novo patamar, ao permitir que os clientes levem consigo a sua experiência de TV quando viajam em Portugal ou num país da União Europeia".