Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Abypay quer dar cartas nos pagamentos

A geladaria Santini é o primeiro cliente 
da Abypay, que para já está em fase-piloto e apenas disponível por convite

Nuno Botelho

Ainda em fase-piloto, empresa quer facilitar pagamentos em tempo real, multimoeda e em várias plataformas entre comerciantes e consumidores

Depois de mais de uma hora à conversa regada a água e cafés, chegou o momento de pagar. Sem dinheiro nem cartões, a solução foi apontar o telemóvel para um QR code (código de barras que pode ser captado com o telefone para mostrar informação) gerado no telemóvel do comerciante. Automaticamente, a conta de seis euros apareceu no ecrã. Só faltava pagar. E Sebastião de Lancastre não o fez sozinho: selecionou na app a opção de pagamentos fracionados e dividiu-a com o sócio. Se quisesse podia até ter pago em libras, dólares, criptomoedas ou qualquer outra e mesmo assim o dinheiro chegava ao comerciante na moeda local, neste caso em euros. Se, por algum engano ou problema, o comerciante tivesse de restituir dinheiro ao cliente, podia fazê-lo na hora, também através da aplicação Abypay.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)