Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há cada vez mais obras nas cidades

Nuno Botelho

Na reabilitação urbana, o nível de atividade aumenta 42,8% no final do primeiro semestre e a carteira de encomendas cresce 29,3%, mostra o barómetro da AICCOPN

A reabilitação urbana está em alta. O inquérito mensal que a AICCOPN - Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas do Norte fez aos seus associados em junho mostra que o primeiro semestre fechou com um salto de 42,8% no nível de atividade comparativamente ao mesmo mês do ano passado. Face a maio, a subida deste indicador foi de 2,6%.

No índice que mede a evolução da carteira de encomendas, a subida homóloga foi de 29,3%. Entre maio e junho o aumento foi de 4,7%.

"Importa realçar que, nos primeiros seis meses de 2018, quer o Índice Nível de Atividade quer o Índice Carteira de Encomendas têm registado fortes crescimentos em termos homólogos, com variações mensais médias de 40,4% e 54,8%, respetivamente", sublinha a AICCOPN em comunicado.

A produção contratada acompanha esta tendência e o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção fixou-se nos 7,6 meses em junho, mais 2,4% que um ano antes e mais 1,3% que no mês anterior.