Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Obras Públicas. Há mais contratos, mas menos concursos

getty

Os concursos de obras públicas caíram 24% nos primeiros cinco meses do ano

O lançamento de concursos de obras públicas está a cair há cinco meses consecutivos e, até maio, registaram uma quebra de 24% comparativamente ao mesmo período de 2017, indica o barómetro da AICCOPN - Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas, hoje divulgado.

Nas contas da AICCOPN, entre janeiro e maio, foram promovidos concursos de empreitadas de obras públicas no valor de 955 milhões de euros, contra 1.252 milhões de euros em 2017.

Já o número de contratos celebrados no âmbito de concursos públicos está a crescer, somando 571 milhões de euros até maio, o que representa um salto de 25% face a período homólogo,

Para esta subida, contribuiu o aumento da celebração de contratos de conservação corrente de estradas, por parte das Infraestruturas de Portugal, a realizar até 2020, no valor de 91 milhões de euros, sublinha a AICCOPN.

Os contratos celebrados na modalidade de ajuste direto e consulta prévia ficaram nos 237 milhões de euros, 10% abaixo do valor de 2017.

O volume total de contratos celebrados e registados no Observatório de Obras Públicas até maio de 2018 foi de 854 milhões de euros, o que reflete um crescimento de 11% face a 2017.