Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

“A nova lei do alojamento local não nos assusta”

Nakul Sharma trabalhava na hotelaria antes de fundar a Hostmaker

Tiago Miranda

Nakul Sharma fundou a Hostmaker, uma empresa de gestão de alojamento local que entrou em Portugal no início do ano. Frisa que não se sente intimidado pelo novo enquadramento legal agora aprovado para o sector. Está presente em oito cidades europeias e Lisboa é o mercado de mais rápido crescimento

Ironicamente, Nakul Sharma, passou a noite num hotel, em Lisboa. O inglês, fundador da Hostmaker, uma startup de gestão de alojamento local que entrou em Portugal no início do ano, é pragmático: “Se procuro eficiência, vou para um hotel. Se quero experiência, fico numa casa”, aponta. E numa semana em que tem de visitar os escritórios de Portugal, Barcelona e Roma, há que escolher a eficiência — embora o seu coração prefira o contrário. Até porque são cada vez mais as geografias onde a empresa está presente. São, agora, sete mercados, além de Lisboa: Londres, Paris, Roma, Barcelona, Madrid, Florença e Cannes. Nas três últimas cidades, entrou na primeira metade deste ano, como aconteceu com a capital portuguesa. Mas Lisboa rapidamente se destacou: “É o nosso melhor desempenho de sempre num novo mercado, nos primeiros seis meses de atividade. É o mercado que mais cresce”, garante o empreendedor de 34 anos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI