Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucro da Sonaecom sobe mais de quatro vezes para 62,9 milhões de euros

Lucros comparam com os 13,9 milhões de euros registados em 2017

O lucro do grupo Sonaecom fixou-se em 62,9 milhões de euros no primeiro semestre, uma subida em comparação com os 13,9 milhões de euros registados no período homólogo, foi esta sexta-feira comunicado ao mercado.
De acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), no período de referência, o volume de negócios consolidado atingiu 82,7 milhões de euros, uma subida de 8,2% face a igual semestre do ano anterior.
O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) totalizou 19,8 milhões de euros, mais 14,5%, em comparação com o período homólogo.
Por sua vez, os custos operacionais ascenderam a 82,3 milhões de euros, 7,8% acima do registado no primeiro semestre de 2017, enquanto os custos comerciais aumentaram 13,5% para 35 milhões de euros.
Já o investimento (capex) operacional cedeu 11,5% para quatro milhões de euros, "representando 4,8% do volume de negócios, 1,1 pontos percentuais abaixo do valor do primeiro semestre de 2017".
A dívida líquida do grupo, com participação na operadora NOS e dono do jornal Público, recuou 32,2% para 243 milhões de euros.