Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há dinheiro falso a circular por aí

Sean Gallup/GETTY IMAGES

No primeiro semestre, foram apreendidas 11.290 notas contrafeitas de euro em Portugal. Na Europa, as apreensões somam 301 mil notas. 20 e 50 euros são os campeões da contrafação

No primeiro semestre do ano, foram retiradas da circulação, no território nacional, 11.290 notas contrafeitas de euro, diz o Banco de Portugal.É um número que reflete um aumento de 15% face ao último semestre do ano passado e mostra o domínio das notas de 20 e 50 euros na contrafação, uma vez que juntas acumulam mais de 10 mil apreensões.

No entanto, o Banco de Portugal na sua informação semestral sobre estas apreensões refere que "os valores permanecem residuais quando comparados com as notas em circulação".

Para a Europa, o Banco Central Europeu refere a apreensão de 301 mil notas de euro contrafeitas no primeiro semestre do ano. E mais uma vez, o domínio vai para os 20 e os 50 euros, que representam 83% do total das apreensões.

Comparativamente ao semestre anterior, a Europa registou uma quebra de 17% nas notas falsas retiradas de circulação.

Tal como o Banco de Portugal, o Banco Central Europeu sublinha que "a quantidade de contrafações permanece muito reduzida em comparação com o numero de notas de euro genuínas em circulação", garantindo que a "a probabilidade de se receber uma nota contrafeita é diminuta".

Diz o BCE que a circulação de notas de euro genuínas tem aumentado continuamente, "a taxas superiores ao crescimento do PIB" e, em 2017, a quantidade e valor das notas em circulação subiram, respetivamente, 5,9% e 4%.

E sabe quanto dinheiro de verdade anda por aí? "Encontram-se em circulação muito mais de 21 mil milhões de notas de euro, com um valor total superior a 1.1 biliões de euros", diz o BCE