Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucro da REN cai 0,3% para 52,8 milhões de euros

Ridrigo Costa é o presidente-executivo da REN

Luís Barra

O lucro da REN caiu 0,3% no primeiro semestre deste ano, face a igual período de 2017, para 52,8 milhões de euros, divulgou a gestora das redes energéticas

O lucro da REN caiu 0,3% no primeiro semestre deste ano, face a igual período de 2017, para 52,8 milhões de euros, divulgou esta quinta-feira a gestora das redes energéticas.
Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a REN adianta que "o resultado líquido recorrente atingiu 78,4 milhões de euros, um montante 3% inferior ao resultado do período homólogo do ano anterior".
A Redes Energéticas Nacionais (REN) explica que "estes valores foram penalizados pelo aumento das amortizações (nove milhões de euros) decorrente da integração dos ativos de distribuição de gás natural".
Além disso, "os resultados foram ainda penalizados pelo imposto extraordinário sobre o setor energético (25,4 milhões de euros em 2018), que elevou a taxa efetiva de imposto para 39%", prossegue a REN, salientando que o resultado financeiro (-27,3 milhões) "atenuou estes efeitos, apresentando uma melhoria de 0,2 milhões de euros, e beneficiou da queda sustentada do custo médio da dívida, que atingiu 2,3%".
No período em análise, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) cresceu 4% (9,7 milhões de euros), para 252,4 milhões de euros.