Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Arrow de Maria Luís Albuquerque compra Norfin por €17 milhões

Maria Luís Albuquerque, vice-presidente do PSD

Marcos Borga

O grupo londrino acaba de anunciar a compra da gestora imobiliária que tem Alexandre Relvas e Felipe de Botton como acionistas e que gere uma carteira orçada em 1,5 mil milhões de euros

O grupo inglês Arrow Global, que tem a ex-ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque como administradora não executiva, acaba de anunciar a sua expansão em Portugal, onde já estava presente com a Whitestar, empresa de recuperação de crédito. Agora, terá também no seu portefólio a gestora imobiliária Norfin Investimentos. A operação, que implica a aquisição da totalidade do capital da empresa, terá ainda de passar pelo crivo do Banco de Portugal (BdP).

A Norfin, uma sociedade gestora de ativos e fundos imobiliários, atualmente com uma carteira de 1,5 mil milhões de investimentos sob gestão e 50 funcionários, foi fundada em 1999 e conta com João Brion Sanches (o presidente executivo), Alexandre Relvas e Felipe de Botton como acionistas.

De acordo com um comunicado publicado pela Arrow Global no seu site, a operação tem como preço inicial 15,1 milhões de libras (17 milhões de euros), embora exista ainda a possibilidade de, dependendo os resultados do negócio, haver lugar a um pagamento posterior aos vendedores, que poderá atingir um máximo de 29,4 milhões de libras (33 milhões de euros). De acordo com o mesmo documento, a operação será financiada por recursos próprios.

O comunicado informa que as receitas da Norfin atingiram 6,7 milhões de euros no final do 2017, com um lucro antes de impostos de 2,1 milhões de euros.

Segundo outro comunicado, desta vez enviado às redações portuguesas, esta aquisição vem reforçar as capacidades de investimento e gestão de ativos Arrow Global. “Estamos muito entusiasmados com esta aquisição, estratégica para todo o Grupo Arrow, na medida em que muitas das capacidades e competências que traz ao nível da gestão de ativos imobiliários em Portugal são replicáveis noutras geografias onde a Arrow Global está presente”, afirma Lee Rochford, CEO do Grupo Arrow Global.

João Brion Sanches, o líder executivo da Norfin, que manterá a sua posição dentro da empresa agora inserida no grupo britânico, refere: "Estamos muito satisfeitos por nos juntarmos à Arrow Global. Ao longo dos últimos anos, criámos um negócio cujos conhecimentos e capacidades vão permitir reforçar o crescimento do Grupo Arrow em Portugal e nas geografias onde está presente”.

A Arrow Global, fundada em 2005, é uma empresa cotada no índice londrino FTSE, que recorre a modelos analíticos sofisticados para identificar, adquirir e gerir portefólios de crédito malparado, "principalmente de bancos e outras instituições financeiras", de acordo com o comunicado. Está presente em seis mercados: além do Reino Unido e Portugal, está ainda na Holanda. Bélgica, Itália e Irlanda.

Em março de 2016. ainda a antiga ministra das Finanças do governo liderado por Passos Coelho, Maria Luís Albuquerque, era deputada do PSD, quando anunciou a sua integração na administração, como não executiva, do grupo com sede em Londres. A Arrow Global já detinha em Portugal a Whitestar Asset Solutions, uma empresa de gestão de carteiras de crédito e imobiliário, com mais de 6.6 mil milhões de euros sob gestão.