Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Semapa aposta nas startups

Grupo que controla a Navigator (antiga Portucel) e a cimenteira Secil faz parceria com uma das maiores aceleradoras do mundo e investe 30 mihões de euros na área do capital de risco

Pedro Lima

Pedro Lima

Editor-adjunto

O grupo Semapa, detentor da Portucel e da Secil mas também com negócios na área do ambiente, vai ter uma parceria com a norte-americana Techstars, uma das maiores aceleradoras de startups do mundo, no âmbito da sua aposta recente na área do capital de risco. “Não podíamos ficar fora do mundo do venture capital e das startups”, afirma João Castello Branco, presidente executivo da Semapa, para justificar a criação, no ano passado, da empresa Semapa Next, o braço armado do grupo para investimentos nesta área.

Está previsto aplicar um total de 30 milhões de euros nos próximos três anos no capital de risco, que se pretende que seja um dos eixos do grupo Semapa, havendo já alguns investimentos previstos. O gestor refere que este valor tem uma “importância contida” dentro dos ativos grupo Semapa, “o que não significa que esta área de negócio não tenha a maior das importâncias”.

Ricardo Pires, administrador executivo da Semapa – e presidente da Semapa Next – concretizou para onde irão alguns dos investimentos previstos. Haverá aplicações diretas em startups mas também em empresas já estabelecidas com elevado potencial de crescimento (venture capital). E não serão apenas em empresas da área da pasta e papel. “Vamos investir anualmente um milhão de euros em 10 startups com ambição global. E em três áreas: tecnologia industrial e ambiental, soluções globais de mobilidade e logística e indústria do turismo e lazer”. Poderá também haver investimentos em fundos que se dedicam a estas empresas.

Numa primeira fase haverá uma viagem pelo mundo à procura de oportunidades, seguindo-se um “funil” com 500 startups das quais sairão 10 finalistas. “Estamos disponíveis para ter parceiros”, diz Ricardo Pires.

O programa de aceleração em conjunto com a Techstars, representada em Portugal por Hugo Augusto, começará a 4 de março. Hoje arranca o prazo de candidaturas, que decorre até 11 de novembro.