Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Siemens vai equipar a maior central solar que está a ser construída em Portugal

A multinacional alemã foi contratada para construir, no prazo de um ano, a subestação da central fotovoltaica de Alcoutim, que produzirá energia equivalente ao consumo de 130 mil habitantes

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Siemens assegurou o contrato para a construção da subestação que vai ligar à rede elétrica a maior central solar que está em construção em Portugal, o projeto Solara 4, no qual um consórcio sino-irlandês está a investir cerca de 200 milhões de euros.

A subestação permitirá ligar à rede de muito alta tensão a central fotovoltaica que está a ser construída em Alcoutim, e que terá uma potência de 220 megawatts (MW), informou a Siemens em comunicado. Será a maior central solar da Europa sem tarifas subsidiadas e uma das 20 maiores centrais solares do mundo.

O empreendimento é desenvolvido pela empresa irlandesa Welink e pela China Triumph International Engineering e deverá produzir energia suficiente para cobrir o consumo elétrico de 130 mil habitantes.

A construção da subestação deverá estar concluída no prazo de um ano, informa o comunicado divulgado pela Siemens.

A Solara4 é a maior central solar em construção em Portugal, embora haja já um outro projeto fotovoltaico em fase de licenciamento que, se aprovado, será ainda maior. Trata-se de uma central de 300 MW a construir em Ourique, no Baixo Alentejo.