Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Manuel Pinho esteve 45 minutos no DCIAP

O ex-ministro da Economia Manuel Pinho já saiu das instalações do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), em Lisboa, onde chegou pelas 10:32 de hoje para ser interrogado, tendo remetido esclarecimentos para o seu advogado.

Manuel Pinho chegou às 10:32, meia hora depois do previsto, ao DCIAP para ser interrogado, acompanhado pelo seu advogado, Ricardo Sá Fernandes. Pelas 11:16, o ex-ministro saiu das instalações do DCIAP, sozinho, tendo feito apenas a seguinte declaração: "Eu sei o que queria dizer, mas não vou dizer. O Sá Fernandes depois explica-vos".

Hoje, às 15:00, está agendada uma audição parlamentar com Manuel Pinho, na sequência de um requerimento do PSD, votado favoravelmente em 2 de maio. Em maio, em comunicado, o advogado de Manuel Pinho, Ricardo Sá Fernandes, revelou que o ex-ministro, que deixou de ser arguido no caso EDP, estaria disposto a prestar "todos os esclarecimentos" aos deputados, mas só depois de ser interrogado pelo Ministério Público.

Com Lusa