Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Siemens Portugal investe cinco milhões de euros para dinamizar digitalização nos próximos dois anos

Empresa explicou que o foco dos investimentos “serão projetos de investigação e desenvolvimento nas áreas da energia e da mobilidade”

A Siemens Portugal anunciou esta segunda-feira que vai investir cinco milhões de euros nos próximos dois anos no mercado português "para impulsionar digitalização no país". Em comunicado, a empresa adianta que o foco "serão projetos de investigação e desenvolvimento nas áreas da energia e da mobilidade, entre outras iniciativas", acrescenta, salientando que este anúncio foi feito na presença da secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, no âmbito de um encontro sobre digitalização com os principais clientes e parceiros da Siemens em Portugal.

"Na área da energia, um dos projetos a desenvolver será de 'data analytics' aplicada à eficiência energética e o outro de acesso à energia sem necessidade de infraestrutura. Na mobilidade vai ser desenvolvido um sistema de carregamento inteligente para autocarros elétricos", refere a Siemens Portugal. Estes projetos têm como base tecnológica o MindSphere, sistema operativo da Siemens para a Internet das Coisas.

"A empresa vai ainda continuar a apostar na criação de espaços de experimentação para a indústria e de laboratórios aplicacionais para outras áreas como os edifícios ou a mobilidade", acrescenta.

"A Siemens é um parceiro incontornável no apoio à indústria portuguesa. Este investimento, em que temos vindo a trabalhar, é absolutamente estruturante para a Indústria 4.0 e é mais uma prova do forte compromisso da Siemens com Portugal e com a difusão da digitalização junto das PME [pequenas e médias empresas] portuguesas. E não poderia estar mais em linha com as políticas do Governo para a Indústria", disse Ana Teresa Lehmann, secretária de Estado da Indústria, citada no comunicado.

"Este investimento estratégico da Siemens em Portugal vem reforçar o desenvolvimento da economia nacional e será direcionado para tecnologias chave na digitalização do tecido empresarial português", sublinhou, por sua vez, Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens Portugal, também citado no comunicado.