Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Custo da eletricidade disparou em maio

Getty Images

Preço de mercado subiu 29%, está a penalizar várias indústrias e ameaça criar novo défice tarifário este ano

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

Os alarmes já começaram a tocar nas maiores empresas portuguesas. Segundo relatos feitos ao Expresso pelos presidentes da Luzboa, Pedro Morais Leitão, e da Endesa Portugal, Nuno Ribeiro da Silva, o preço grossista da eletricidade está a alcançar níveis preocupantes para indústrias como as cimenteiras e papeleiras. E há outros negócios que já sentem na pele efeitos concretos. “O nosso contrato de energia está a terminar agora e o cenário não é nada agradável. Vamos ter um aumento próximo dos 10%”, avança o presidente da Frulact, João Miranda, cuja fatura elétrica representa um décimo dos custos industriais da empresa.

Para continuar a ler clique AQUI