Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Paula Amorim entra na corrida à Comporta

Luís Barra

Depois de fracassada a venda da Herdade da Comporta no final de 2017, eis que surgem mais três interessados

Tem sido um nó difícil de desatar desde que o Grupo Espírito Santo colapsou e os donos da Herdade da Comporta entraram em insolvência, com um extenso grupo de credores. Depois de várias tentativas e fundos interessados nos ativos imobiliários, desta vez a Herdade da Comporta — Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado — está entre a espada e a parede: ou vende ou arrisca-se a ir à falência.

Paula Amorim e o grupo imobiliário Vanguard Properties, fundado por Claude Berda, formaram um consórcio para comprar terrenos na Herdade da Comporta. Não sabem ainda quando poderá ser decidida a venda mas acreditam que logo após a conclusão de uma due diligence, estão “financeiramente aptos a concluir a mesma”, diz o diretor da Vanguard, José Cardoso Botelho, ao Expresso.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI