Siga-nos

Perfil

Expresso

Conferência Portugal em Exame

Vieira da Silva responde a Fernando Ulrich

Vieira da Silva, ministro da Economia e da Inovação, garante que nada mudou nos últimos dois anos, sublinhando que "Portugal sempre teve capacidade de se financiar".

Liliana Coelho e Sara Fonseca (www.expresso.pt)

Clique para aceder ao índice do dossiê Conferência Portugal em Exame Para Vieira da Silva o que mudou foi a disposição e a capacidade de a Zona Euro em "terem um papel activo na resolução dos problemas", sobretudo a partir da última reunião dos líderes europeus em Bruxelas na qual ficou decidida a constituição de um fundo de ajuda aos países em maiores dificuldades de 750 mil milhões de euros. "Há uma União Europeia antes de 9 de Maio e outra após", conclui.

As declarações do ministro surgem em resposta ao presidente do BPI que afirmou esta manhã que o "principal problema de Portugal não é apenas de tesouraria, mas sim o facto de não nos conseguirmos financiar".

"A visão dele é a dele, a minha é a minha, também temos ângulos de observação diferentes, também temos responsabilidades diferentes", sublinhou Vieira da Silva.