Siga-nos

Perfil

Expresso

Aumento de impostos

Sócrates e Passos separados na despesa

Já acabou a reunião entre José Sócrates e Passos Coelho. À entrada para o encontro, primeiro-ministro e líder do PSD ainda não tinham acordo sobre tudo. Maior problema está na contenção de despesa: ainda falta encontrar alguns milhões. Clique para visitar o dossiê Aumento de impostos

Ricardo Costa (www.expresso.pt)

O Expresso teve acesso a uma lista provisória de cortes na despesa, e que deverão somar 1050 milhões de euros (valor igual à receita conseguida com o aumento de impostos anunciado ontem à noite). A lista tem para já seis pontos:

1. Eliminação antecipada de medidas anti-crise

2. Redução das transferências para o sector empresarial do Estado

3. Redução de despesas da administração central, incluindo os salários dos políticos, gestores e reguladores

4. Redução de despesas de capital 

5. Redução de transferências para as autarquias 

6. Antecipação de mais medidas do PEC 

Além disto existem, como já foi divulgado, limites ao endividamento para as autarquias e empresas públicas. As regiões autónomas não deverão escapar a este pacote.

As medidas serão anunciadas no final do Conselho de Ministros.