Siga-nos

Perfil

Expresso

50 Anos do Tratado de Roma

Vai haver festa na Europa

O 50.º aniversário da União Europeia vai ser comemorado em grande. Desde concertos a saltos de pára-quedas, ninguém quer faltar à festa.

As cerimónias do 50.º aniversário da assinatura do Tratado de Roma abrem oficialmente no sábado à tarde, com um concerto da Orquestra Filarmónica de Berlim. Sob a batuta do maestro residente, Simon Rattle, os Chefes de Estado vão ouvir a 5.ª Sinfonia de Beethoven.

Um pouco por toda a Alemanha o espírito festivo deu origem a um programa cultural alargado. Os bares e discotecas estão a preparar animadas noites de dança. Na noite de sábado para domingo, 27 avenidas vão ser cortadas ao trânsito para dar lugar a uma «rave party», onde todos estão convidados a entrar.

Festa pela Europa fora

Em Bruxelas, os concertos vão dominar os festejos. Na noite de sábado o pop rock vai ser o som mais ouvido, com actuações dos Scorpions e Kim Wilde. No domingo, o rock vai dar lugar ao jazz.

No Luxemburgo, está prevista uma “Caminhada Europeia”, de oito quilómetros. Já na Holanda e na Irlanda, os serviços religiosos vão ter como tema o Tratado de Roma.

Na Eslováquia vão ser plantadas árvores para assinalar a data, enquanto na Eslovénia os festejos vão ser mais radicais: saltos de pára-quedas com o símbolo da UE. Em Espanha, vai ser construído um puzzle gigante sobre a União Europeia.

Comemoração à portuguesa

Em Portugal, os 50 anos da assinatura do Tratado de Roma também vão ser assinalados. No domingo, vão ser abertos ao público nove palácios que tiveram importância na política europeia, como o Palácio de Belém e a Assembleia da República (Palácio de São Bento). 

Também no domingo, a fadista Katia Guerreiro vai dar um concerto junto à Torre de Belém, acompanhada pela Orquestra Metropolitana de Lisboa. A festa, que começa às 21 horas, culmina com um espectáculo de fogo de artifício.