Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Vicente del Bosque desvaloriza Ronaldo

Queiroz diz que só o melhor Portugal de sempre poderá vencer a Espanha

José Manuel Ribeiro/Reuters

Carlos Queiroz quer o melhor Portugal de sempre. Do lado de Espanha, o técnico Vicente del Bosque diz que não há "obsessão" com Cristiano Ronaldo.  (Atualização permanente: principais notícias Lusa de hoje sobre o Mundial.) Clique para aceder ao índice do Dossiê Mundial-2010

22h02 - Brasil e Holanda marcam quarto encontro entre si

O Brasil e a Holanda marcaram hoje um quarto encontro entre si em fases finais de Mundiais, no África do Sul2010, após baterem Chile (3-0) e Eslováquia (2-1), respetivamente.

Juan, aos 35 minutos, Luis Fabiano, aos 38, e Robinho, aos 59, apontaram os tentos dos "canarinhos", que apresentaram de início o benfiquista Ramires (fez o passe para o terceiro golo, mas viu um amarelo e está fora dos "quartos"), em Joanesburgo.

"A Holanda ? É uma bela equipa, que joga muito, com jogadores muito técnicos. Parece que são sul-americanos", comentou o selecionador brasileiro Dunga sobre o próximo adversário, depois de somar a sexta vitória seguida sobre os chilenos desde que assumiu o posto, com 23 golos marcados.

------------------------------------------------------------------------------   

21h19 - Brasil nos "quartos" com Holanda após arrumar Chile

O Brasil venceu hoje tranquilamente o Chile por 3-0, em Joanesburgo, na África do Sul, e marcou encontro com a Holanda nos quartos de final do Mundial de futebol de 2010.

Juan, aos 35 minutos, Luis Fabiano, aos 38, e Robinho, aos 59, apontaram os tentos dos "canarinhos", que apresentaram de início o benfiquista Ramires (fez o passe para o terceiro golo, mas viu um amarelo e está fora dos "quartos").

O "onze" de Carlos Dunga continua, assim, na corrida ao "hexa" (venceu a prova em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002), enquanto o Chile é a primeira seleção sul-americana a deixar a prova e a única que sofreu derrotas.

------------------------------------------------------------------------------   

19h45 - David Villa avisa Portugal que dificilmente ganhará se for defensivo

O avançado David Villa avisou hoje Portugal de que dificilmente se poderá apurar para os quartos de final do Mundial de futebol de 2010 se apenas jogar defensivamente frente à Espanha, terça feira, na Cidade do Cabo.

"Temos visto vídeos e nem esperamos um Portugal muito defensivo, nem muito ofensivo. Um pouco de ambos. Tem jogadores bons, com potencial grande. Também tem gente importante na frente. Mas não será bom para eles ficar atrás", advertiu.

O avançado que trocou o Valência pelo FC Barcelona, pelo qual assinou antes do início do Mundial2010, manifestou-se mais preocupado em assegurar o bom momento da Espanha do que com os problemas que Portugal possa causar.

------------------------------------------------------------------------------  

19h20 - Vicente del Bosque desvaloriza Cristiano Ronaldo

O selecionador Vicente del Bosque garantiu hoje que a Espanha está mais preocupada com o valor global de Portugal do que com a capacidade de Cristiano Ronaldo no jogo de terça feira nos oitavos de final do Mundial2010 de futebol.

"Não creio que haja obsessão com o assunto Cristiano Ronaldo. Mais importante é ter atenção a Portugal que demonstrou no plano defensivo e ofensivo ser uma equipa feita. Pelo trabalho que o selecionador fez, chegaram ao mundial nas melhores condições", vincou.

Del Bosque desconhece o tipo de atitude que os pupilos de Queiroz vão ter em campo, mas acredita que também os lusos vão tentar construir a sua própria sorte na Cidade do Cabo, assumindo igualmente as despesas do jogo.

------------------------------------------------------------------------------ 

18h16 - Queiroz defende novas tecnologias ao serviço da arbitragem

O selecionador português, Carlos Queiroz, defendeu hoje que as novas tecnologias são essenciais para o futuro e credibilização do futebol, mas lembrou que é preciso esperar pelo momento mais apropriado para alterar as regras.

"Não é o momento de tratarmos desse tipo de matérias. Estamos num campeonato do Mundo. O jogo está a decorrer e é altura de jogar com as regras que existem, que são estas. Há que aceitá-las e promover o jogo e o futebol em todo o Mundo", disse, quanto à oportunidade do tema.

Quanto à matéria de facto, foi mais claro: "Há alguns elementos a ser considerados no futuro. Está em causa a credibilidade do jogo. Não pode acontecer um bilião de pessoas ver algo (na TV) que, depois, só duas não vêm...".

------------------------------------------------------------------------------ 

18h08 - Carlos Queiroz estranha quarto hispânico a arbitrar Portugal

O selecionador Carlos Queiroz revelou hoje "estranheza" pelo facto de Portugal ir somar o quarto árbitro hispânico em outros tantos desafios do Mundial de futebol de 2010, terça feira, face à Espanha, nos oitavos de final.

"Manifestamos alguma estranheza por fazer jogos contra países de continentes diferentes - asiáticos, africanos, sul-americanos e agora europeus - e termos nomeações do Uruguai, Chile, México e Argentina. Manifestamos a nossa estranheza por esse tipo de nomeações", assumiu.

E acrescentou: "Os nossos amigos espanhóis são os primeiros a compreender e respeitar que as nossas preocupações só visam garantir que o jogo seja justo para todos, para as duas equipas".

------------------------------------------------------------------------------ 

17h58 - Só o melhor Portugal de sempre vencerá a Espanha, diz Carlos Queiroz

O selecionador Carlos Queiroz defendeu hoje que só o melhor Portugal da história poderá bater terça feira a Espanha e qualificar-se para os quartos de final do Mundial de futebo de 2010, na África do Sul. 

"A ambição é fazer sempre mais e melhor. Vamos tentar ser o melhor Portugal de sempre, pois o que fizemos até ontem não é suficiente para ganhar à Espanha", resumiu. 

Queiroz está confiante na sua equipa e ciente das dificuldades que o Campeão da Europa vai criar, mas apenas pensa em "ganhar" e esquecer a "reputação e estatística, pois estas não ganham jogos". 

"Para vencer precisamos ter atitude pragmática, realista, estarmos conscientes das nossas virtudes e das do adversário. E estar um passo, milímetro, metro ou segundo acima da Espanha. Pensar e executar mais rápido", vincou. 

As perspetivas para o desafio na Cidade do Cabo são as melhores: "Acho que vai ser um grande jogo de futebol, tecnicista, rápido, com criatividade, imaginação, velocidade e com grandes executantes. Antevejo um grande espetáculo de futebol". 

50/50 de hipóteses

"Os oitavos de final de um campeonato do mundo implicam um jogo muito difícil para ambas as equipas, que neste caso têm um estilo de futebol muito próximo. Latino, mas com nuances diferentes", disse. 

Carlos Queiroz mantém o "50/50" em termos de possibilidades de êxito, apesar do título europeu do adversário -- "é, por isso, um dos três maiores candidatos ao título" - e do "balanço e tradição" dos resultados recentes.

"Eles jogam com 11 como nós e só espero que seja um grande jogo das três equipas em campo. Se isso acontecer, com uma grande exibição tenho a absoluta confiança de que temos tantas hipóteses como a Espanha. Eles têm grandes jogadores, mas nós também", vincou. 

Cristiano Ronaldo sem títulos?

"O que fizemos até aqui não é suficiente para ganhar à Espanha", garantiu.

Sobre o encontro, Carlos Queiroz disse que "um Portugal -- Espanha é sempre um petisco, como um Brasil-- Argentina" e, quanto a Cristiano Ronaldo, lembrou que o "capitão" luso ainda pode conquistar títulos em 2010. 

"Não concordo que digam que o Ronaldo não ganhou título no último ano, a temporada ainda não acabou", referiu, quando confrontado com o "zero" do português na primeira época em Espanha, como jogador do Real Madrid.

Para o encontro de terça feira, Carlos Queiroz ainda não sabe se pode contar com Danny e Duda e já descartou a utilização de Ruben Amorim, que, no último treino, foi, ainda assim, dos três jogadores, o que se mostrou menos limitado. 

Com ou sem Danny e Duda?

No Estádio de Athlone, nos arredores da Cidade do Cabo, Danny apresentou-se mais condicionado, com uma ligadura na coxa esquerda, tendo-se limitado a andar à volta do relvado e a fazer corrida ligeira. 

Na Espanha, Xabi Alonso, que sofreu uma lesão no tornozelo direito, já treinou sem limitações e deve ser titular frente a Portugal. 

------------------------------------------------------------------------------

17h01 - Holanda nos quartos de final depois de derrotar Eslováquia (2-1)

A Holanda qualificou-se hoje para os quartos de final do Mundial de futebol de 2010, ao bater a Eslováquia por 2-1, no quinto encontro dos oitavos de final, disputado em Durban.

Arjen Robben, aos 18 minutos, e Wesley Sneijder, aos 84, apontaram os tentos da formação "laranja", que continua 100 por cento vitoriosa, depois de na primeira fase ter batido Dinamarca (2-0), Japão (1-0) e Camarões (2-1).

Por seu lado, Robert Vittek apontou, aos 90+4 minutos, de grande penalidade, o golo de honra da estreante Eslováquia e o seu quarto na competição, igualando na liderança da lista dos marcadores o argentino Gonzalo Higuain.

-----------------------------------------------------------------------

16h41 - Demite-se presidente da Federação Francesa de Futebol 

Jean-Pierre Escalettes anunciou hoje em comunicado a sua demissão do cargo de presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), com efeitos a partir de 2 de julho. 

"Após um fim de semana de reflexão, durante o qual consultei os meus colegas eleitos e os colaboradores mais próximos, considerei que era meu dever demitir-me do cargo", refere Escalettes no comunicado. 

Escalettes afirma que "vai remeter a decisão ao Conselho Federal de 2 de julho" e acrescenta: "Estarei à disposição de todos para analisar as razões do fracasso da participação francesa no Mundial da África do Sul".

A demissão de Escalettes tornou-se quase inevitável depois do fracasso da seleção francesa no Mundial -- eliminada na fase de grupos com um empate e duas derrotas -- e do incidente com Anelka, que levou os jogadores a decidirem não treinar. 

A ministra francesa do Desporto, Roselyne Bachelot, afirmou na quarta feira, após a derrota com a África do Sul (1-2), que a demissão de Jean-Pierre Escalettes "era inevitável". 

-----------------------------------------------------------------------------------------

15h59 - Danny, Duda e Ruben Amorim ainda à parte 

A seleção portuguesa fez hoje o último treino antes do encontro com a Espanha, dos oitavos de final do Mundial2010 de futebol, do qual deverão estar ausentes Duda, Ruben Amorim e Danny. 

No Estádio de Athlone, nos arredores da Cidade do Cabo, Danny foi o jogador que se apresentou mais condicionado, apresentando uma ligadura na coxa esquerda, que lhe limitava os movimentos. 

O avançado do Zenit limitou-se a andar à volta do relvado e a fazer corrida ligeira, acompanhado pelo fisioterapeuta António Gaspar, estando a recuperar de uma contusão com hematoma da região anterior da coxa esquerda.

A recuperar de uma lesão muscular também na coxa esquerda, Ruben Amorim mostrou sinais de melhoria, mas, durante os 15 minutos do treino abertos à comunicação social, limitou-se a realizar corrida. 

Duda, que tem uma lesão tendinosa da região peri-púbica, fez corrida, mas mostrou mais dificuldades que Ruben Amorim. 

Durante o período aberto à comunicação social, os restantes jogadores realizaram apenas alguns exercícios de aquecimento. 

O treino de livres diretos deverá estar no programa da sessão, uma vez que, perto de uma das balizas, estavam colocadas barreiras. 

O selecionador português, Carlos Queiroz, e um jogador farão a antevisão do encontro com a Espanha, dos oitavos de final do Mundial2010, que se disputa na terça feira, no Estádio Green Point, na Cidade do Cabo. 

------------------------------------------------------------------------

15h28 - Mais de três milhões de telespectadores seguiram em casa o Portugal-Brasil 

O jogo Portugal-Brasil, que decorreu na sexta feira, foi seguido em casa por 3,2 milhões de telespectadores, tendo sido o segundo mais visto dos três que a seleção jogou na fase de grupos. 

O jogo, transmitido às 15:00 de sexta feira pela RTP1 e a SporTV1, registou, de acordo com um comunicado divulgado hoje pela agência de meios Initiative, uma audiência média de mais 1,9 milhões de telespectadores.

O jogo registou uma audiência total de 3,2 milhões de telespectadores, que seguiram o jogo em casa. 

Dos três jogos disputados por Portugal na fase de grupos do Mundial 2010, este foi o segundo mais visto em casa, segundo os dados da empresa.

-------------------------------------------------------------------------------------------

15h15 - Dunga rejeita tecnologias para defender o... emprego 

O selecionador do Brasil, que discute hoje com o Chile, a partir das 19:30, uma vaga nos quartos de final do Mundial2010, manifestou-se contra o recurso às tecnologias no futebol, para defender o... emprego. 

"O futebol é polémica, debate. Se tudo for perfeito, não haverá nada para discutir. Vocês (jornalistas) perderão o emprego, porque não terão polémicas para discutir e nós teremos que ir para casa, porque não haverá nada para melhorar", disse Dunga. 

Desafiado a comentar o golo não validado à Inglaterra no jogo de domingo com a Alemanha (4-1 para os germânicos, nos oitavos de final), o técnico brasileiro recorreu às mesmas tecnologias para explicar que as tecnologias de hoje também podem desvirtuar a realidade. 

"Se mostrássemos só as imagens dos bons momentos da seleção brasileira atual, os adeptos pensariam que éramos uma equipa espetacular. Mas hoje transmitem-se tanto os momentos maus como os bons. Se nos recordarmos das tão famosas equipas do passado, veremos que cometeram os mesmos erros", comparou o treinador brasileiro. 

Para Dunga, foi também a tecnologia que condicionou a opinião dos adeptos através de gerações, citando como exemplo os registos televisivos do Mundial70, no México, que mostram "uma seleção brasileira perfeita".    

------------------------------------------------------------------------

13h - Erros de arbitragem lamentáveis, mas podem ter efeito positivo, Rui Santos

O comentador desportivo Rui Santos considerou hoje que os erros de arbitragem no Mundial de futebol foram lamentáveis, mas podem ter um efeito positivo na introdução das novas tecnologias, por terem acontecido numa grande competição. 

"Por um lado é lamentável que tenham acontecido, porque deturpam a verdade desportiva, por outro lado, em termos daquilo que é tentar chegar ao objetivo de introdução das novas tecnologias, ainda bem que aconteceram", disse Rui Santos, em declarações à Agência Lusa. 

O autor da petição a favor da introdução das novas tecnologias no futebol referiu ainda que "se estas coisas não acontecerem nas grandes competições" será ainda mais difícil existirem mudanças. 

No domingo, nos jogos dos oitavos de final, foi anulado um golo "limpo" da Inglaterra frente à Alemanha e validado um tento da Argentina apontado em fora de jogo. 

"Se Deus existe..."

"Se Deus existe, Deus deu-nos duas possibilidades de perceber como são importantes e vitais as novas tecnologias para o futebol para corrigir erros grosseiros das equipas de arbitragem", afirmou. 

Rui Santos lembrou que num dos encontros "bastavam cinco segundos para dizer ao árbitro que a bola entrou, e o futebol estava a ser credibilizado".

O comentador considerou que, "infelizmente", a FIFA só vai introduzir as novas tecnologias quando perceber que estas são um negócio. 

"Quando eles tiverem a noção de que podem rentabilizar ao negócio, as novas tecnologias vão aparecer. Infelizmente, tem a ver com a questão das patentes e do registo dessas patentes", referiu. 

Rui Santos afirmou ainda que "vai ser muito difícil mudar, porque todas as pessoas ligadas ao futebol estão a ser subvencionadas pelos dinheiros da FIFA", acrescentando: Com a política de subvenção das federações e confederações, a história do movimento de autonomia é uma treta". 

--------------------------------------------------------------------------------------

12h45 - Média de golos passa Itália90 pela primeira vez 

A média de golos do Mundial da África do Sul ultrapassou no domingo pela primeira vez a média mínima da história dos mundiais de futebol, registada no Itália1990. 

Depois de uma primeira fase com 2,10 golos por jogo, abaixo do Mundial italiano, os oitavos de final estão bem mais concretizadores, tendo aberto no sábado com uma média de três golos por jogo, vitória do Uruguai 2-1 sobre a Coreia do Sul e vitória do Gana 2-1 sobre os Estados Unidos, após prolongamento.

No domingo, a média voltou a aumentar, tendo sido registados nove golos, com cinco na vitória (4-1) da Alemanha sobre a Inglaterra e quatro no triunfo (3-1) da Argentina sobre o México. 

Cumpridos metade dos encontros dos oitavos de final, o mundial sul-africano leva 116 golos marcados em 52 jogos, o que dá uma média de 2,23 por jogo, já superior aos 2,21 que registados em 1990, no que foi o "mais pobre" de todos os campeonatos em termos concretizadores. 

Ao entrar na fase do "mata mata", as equipas parecem estar a esquecer-se dos esquemas defensivos e, contando só com os jogos dos oitavos de final, passa a ser de quase quatro golos por jogo (3,75), tendo sido anotados 15 em quatro encontros. 

--------------------------------------------------------------------------

11h47 - FIFA rejeitou todas as perguntas sobre arbitragem 

A FIFA rejeitou hoje todas as perguntas relativas à arbitragem na conferência de imprensa diária, após dois erros amplamente divulgados nas televisões de todo o Mundo, verificados nos jogos de domingo dos oitavos de final do Mundial de futebol. 

"Nós não vamos abrir o debate sobre a arbitragem na conferência de imprensa diária", disse Nicolas Maingot, porta-voz da FIFA, no início do encontro com os jornalistas, fugindo às questões dos jornalistas sobre os erros verificados no Alemanha-Inglaterra e no Argentina-México. 

No domingo, a arbitragem do Mundial ficou manchada com dois erros claros de arbitragem, quando foi mal invalidado um golo à Inglaterra, que iria empatar a partida a 2-2, acabando por perder por 4-1, enquanto, horas mais tarde, a Argentina viu validado o seu primeiro golo na vitória (3-1) sobre o México, num lance em claro fora-de-jogo. 

Questionado diversas vezes sobre os "erros dos árbitros", o "não recurso ao vídeo" ou "a vergonha que a FIFA devia sentir", o porta-voz afiançou que o assunto não ia ser mencionado. 

Posição do International Board

Nicolas Maingot disse que a recusa por parte da FIFA em usar o vídeo para ajudar nas arbitragens tinha a ver com a posição do International Board, o organismo que define as leis do jogo. 

No entanto, o porta-voz condenou a repetição das imagens nas telas gigantes do estádio Soccer City do primeiro golo da Argentina, marcado por Tevez em fora-de-jogo. "Isso não devia ter acontecido", explicou. 

O golo injustamente negado ao inglês Frank Lampard e o tento irregular validado à Argentina no encontro com o México, reacenderam o debate sobre a utilização do vídeo como auxiliar nas arbitragens, à qual se opõem a FIFA e o International Board. 

O árbitro uruguaio Jorge Larrionda não validou o golo de Lampard contra a Alemanha, quando as repetições das imagens televisivas mostram claramente que a bola cruzou a linha de golo, aos 38 minutos. 

Larrionda foi também alvo de reparos por parte da seleção portuguesa, dado que foi o árbitro que mostrou um cartão amarelo "forçado" a Cristiano Ronaldo no jogo de estreia de Portugal no Mundial2010 frente à Costa do Marfim, empate 0-0. 

-------------------------------------------------------------------

11h31 - "Porras" e ecrãs gigantes à espera do confronto ibérico 

Ecrãs gigantes serão instalados no centro das principais localidades espanholas para acompanhar o jogo dos oitavos de final do Mundial de futebol entre Espanha e Portugal, para o qual já estão a ser organizadas várias "porras", as habituais apostas. 

Para a comunidade portuguesa, e à semelhança do que tem acontecido durante todo o mundial, um dos pontos de concentração será o bar Moma, no centro de Madrid, onde as transmissões são organizadas pela Câmara Hispano-Portuguesa.

Em todos os jogos de Portugal no Mundial, centenas de pessoas têm-se concentrado no local, numa iniciativa que a CHP já levou a cabo aquando do Europeu de futebol de 2008. 

Na capital madrilena, o grande espaço de concentração tem sido, por excelência, o Fan Park, instalado ao lado do Estádio Santiago Bernabéu, onde convergem milhares de pessoas para ver os jogos de Espanha. 

A embaixada da África do Sul instalou também um ecrã gigante num centro comercial madrileno, onde transmite todos os jogos do mundial. 

Ecrãs gigantes serão instalados em praticamente todas as grandes cidades espanholas. 

O interesse em torno do jogo tem dominado as atenções em toda a imprensa espanhola, com alguns órgãos de informação a realizarem "porras", as habituais apostas, em que leitores ou ouvintes podem deixar o prognóstico e tentar ganhar prémios. 

Todos os órgãos de informação, tanto generalistas como desportivos, têm ampla cobertura da antecipação do encontro com declarações dos protagonistas das duas seleções, história dos confrontos ibéricos e análise. 

O assunto chega mesmo aos económicos, com alguns sites, como por exemplo o CapitalMarkets, a recordar que no dia seguinte ao confronto Espanha-Portugal haverá um outro confronto ibérico, entre a Telefónica e a PT, para controlo da operadora brasileira Vivo. 

---------------------------------------------------------------------------

10h59 - Clima ameno e ambiente calmo na véspera do Portugal--Espanha

A Cidade do Cabo acordou hoje com um sol radioso e temperaturas amenas, mas ainda sem o ambiente dos grandes jogos de futebol, como o que na terça feira opõe Portugal à Espanha, dos oitavos de final do Mundial2010. 

 

Com uma temperatura a rondar os 20 graus -- amena para um dia de inverno --, eram muitos os turistas que aproveitavam a manhã para passear na marginal, andar de bicicleta ou fazer "jogging". 

Sem nuvens no céu, o dia também está propício para uma subida à Table Mountain para poder gozar a magnífica vista sobre a Cidade do Cabo e sobre o Oceano Atlântico. 

Outra das opções pode ser visitar Robben Island, local onde Nelson Mandela, antigo presidente da África do Sul, esteve detido. 

Para o dia do jogo, as previsões são semelhantes às de hoje, embora o ambiente em redor do Estádio Green Point e de zonas mais turísticas, como a Waterfront ou a Long Street, deva ser mais animado, com mais portugueses e espanhóis na rua. 

Temperaturas amenas

Para terça feira, são esperadas temperaturas entre os 21 e os 13 graus - estes à hora do jogo, 20:30 (19:30 em Lisboa) -, típicas de um clima mediterrânico como o da Cidade do Cabo, sendo esperado um aumento da humidade para a hora do jogo, mas sem chuva. 

A seleção portuguesa de futebol treina hoje às 15:30 (14:30 em Lisboa) no Athlone Stadium, com o selecionador luso, Carlos Queiroz, a fazer a antevisão do encontro com a Espanha às 17:30, já no Estádio Green Point. 

Portugal defronta a Espanha na terça feira, na Cidade do Cabo, em encontro dos oitavos de final do Campeonato do Mundo da África do Sul, a partir das 20:30 (19:30 em Lisboa). 

------------------------------------------------------------------------

10h00 -  FIFA não comenta erros de equipas de arbitragem e recusa novas tecnologias 

A FIFA lembrou hoje que não comenta erros das equipas de arbitragem, na sequência dos dois lances polémicos nos jogos Alemanha-Inglaterra e Argentina-México, dos oitavos de final do Mundial2010 de futebol. 

"Não há comentários sobre as decisões dos árbitros no terreno de jogo", refere um comunicado da FIFA. 

No Alemanha-Inglaterra, o árbitro uruguaio Jorge Larrionda não concedeu golo ao inglês Frank Lampard, apesar de a bola ter ultrapassado claramente a linha de baliza. 

Se o golo fosse considerado, a Inglaterra igualaria 2-2 no marcador, que terminou com 4-1 a favor dos alemães. 

Tevez em posição irregular

Mais tarde, no embate entre Argentina e México, o árbitro italiano Roberto Rosetti validou o golo ao argentino Carlos Tevez, em clara posição irregular.

Face aos protestos dos mexicanos, Rosetti consultou o assistente, após o qual manteve a decisão inicial. 

O secretário geral da FIFA, Jerome Valcke, afirmou sábado está a ser estudada a introdução de novos assistentes ao árbitro principal, à semelhança do que foi ensaiado pela UEFA na Liga Europa. 

No entanto, Valcke descartou a possibilidade da utilização de novas tecnologias como meio auxiliar. 

------------------------------------------------------------------------

7h17 - Manuel Cajuda confia nos "pezinhos de lã" da Holanda e na assertividade do Brasil

O treinador português Manuel Cajuda considera que as seleções de futebol da Holanda, em "pezinhos de lã", e do Brasil são favoritas nos jogos dos oitavos de final do Mundial2010, frente à Eslováquia e ao Chile. 

"O Brasil é uma equipa que, acima de tudo, sabe quanto vale. Sabe quando tem necessidade de jogar mais ou menos e sabe que, em qualquer altura, pode jogar mais. Isso é muito importante numa equipa", explicou o treinador do Sharjah, no Dubai, em declarações à Agência Lusa. 

O Brasil, vencedor do Grupo G, no qual relegou Portugal para a segunda posição, disputa uma vaga nos quartos de final diante do Chile, às 19:00, em Joanesburgo, num encontro que "vai perder a atenção" de Cajuda. 

"O Chile é uma das equipa em que quase todas as disciplinas podem proporcionar um jogo bom e jogar para a vitória", referiu o técnico luso, assumindo não ter acompanhado a "performance" da formação chilena, porque "há mais na vida do que o futebol". 

Holanda com pezinhos de lã

Antes do confronto sul-americano, a Holanda defronta a Eslováquia, em Durban, a partir das 15:00, também em jogo dos "oitavos", sem surpresas, na perspetiva de Cajuda. 

"Não é previsível, mas em futebol não há vencedores nem derrotados antecipadamente. Mas, não creio, porque a seleção holandesa, sem ser das mais faladas, tem feito um campeonato com pezinhos de lã e a ganhar, não digo com facilidade, mas consoante os seus objetivos", sublinhou. 

Cajuda coloca a Eslováquia entre as "formações que têm melhorado muito", juntamente com a Coreia do Sul e o Japão, contrapondo com a "desilusão, sem que perceba porquê, com as equipas africanas" e elogiando a consistência das sul-americanas. 

-------------------------------------------------------------

6h38 - Brasil e Holanda favoritos nos jogos de hoje 

Holanda e Brasil são hoje favoritos para a passagem aos quartos de final do Mundial2010 de futebol, defrontando respetivamente Eslováquia e Chile, duas seleções que passaram a fase de grupos com dificuldade. 

O jogo entre as duas formações europeias está agendado para as 15:00 horas, em Durban, com arbitragem do espanhol Undiano Mallenco. 

Às 19:30 no Ellis Park de Joanesburgo, com arbitragem do inglês Howard Webb, o sempre favorito Brasil joga contra o vizinho Chile, numa partida em que o selecionador brasileiro, Dunga, deverá voltar a mexer na equipa, após o desgastante jogo contra Portugal. 

No último treino o selecionador do Brasil não revelou a equipa mas já é quase certo que Felipe Melo não jogará, por lesão. 

Se o jogador da Juventus não alinhar para a sua posição deve avançar Josué (que o rendeu contra Portugal) ou o benfiquista Ramires, garantia de mais velocidade. 

De regresso, após castigo, deverá estar Kaká, bem como Robinho, "poupado" no terceiro jogo da fase de grupos, e Elano, que estava lesionado. 

Se Dunga repetir as opções mais recentes, o Brasil deverá jogar com: Julio César, Maicon, Lúcio, Juan, Michel Bastos, Gilberto Silva, Josué (Felipe Melo), Elano, Kaká, Robinho, Luis Fabiano. 

"Laranja" 100% vitoriosa

A Holanda, única seleção cem por cento vitoriosa, a par da Argentina, tem a seu favor um riquíssimo historial, a que só falta um título. Além do mais, defronta uma das estreantes no torneio. 

Ainda assim, Bert Van Marwijk, selecionador holandês, relembra que a Eslováquia é uma equipa dura e perigosa, como bem se viu na eliminação do ainda campeão em título, a Itália. 

Duas vezes finalista derrotada em Mundiais, a Holanda, com uma das suas melhores formações de sempre, procura ultrapassar a malapata das mais recentes participações em Mundiais e Europeus, em que a sua "besta negra" tem sido Portugal.  

--------------------------------------------------------

6h33 - Portugal nos últimos testes antes de defrontar Espanha 

A seleção de Portugal última hoje a tática para o jogo de terça feira com a Espanha, nos oitavos de final do Mundial2010 de futebol, na Cidade do Cabo, onde os "navegadores" conquistaram o único triunfo até agora. 

Depois de ter trabalhado domingo à porta fechada, em Magaliesburgo, a equipa viajou para a Cidade do Cabo onde hoje realiza o último treino, às 15:30 (14:30 em Lisboa, no Atholone Stadium, um recinto de apoio às seleções que jogam no Green Point. 

A fragilidade do relvado faz com que as seleções sejam convidadas a trabalhar nos estádios definidos para os treinos: isso não vai acontecer com Espanha, pois, ao contrário de Portugal, os pupilos de Vicente del Bosque nunca jogaram no Green Point, pelo que, neste caso, têm direito a testar o recinto. 

A Cidade do Cabo tem sido maldita para as "grandes" seleções mundiais, mas foi aqui que Portugal assegurou a única vitória até agora, com 7-0, frente à Coreia do Norte: os lusos empataram 0-0 com a Costa do Marfim (Port Elizabeth) e Brasil (Durban). 

O selecionador Carlos Queiroz e um jogador falarão à imprensa às 17:30 no Estádio Green Point, onde Portugal e Espanha se defrontam terça feira às 20:30. 

A Espanha treina apenas às 18:00 e no local do jogo: o selecionador e dois futebolistas estarão na conferência de imprensa às 19:15.