Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Portugal obrigado a vencer Coreia do Norte

Jogadores portugueses vão entrar em campo no estádio Green Point

Estela Silva/Lusa

Seleção portuguesa está 'obrigada' a vencer Coreia do Norte para manter aspirações à presença na segunda fase do Mundial-2010, num encontro em que Deco será a principal ausência. Clique para aceder ao índice do Dossiê Mundial-2010

A seleção portuguesa está hoje 'obrigada' a vencer a Coreia do Norte para manter aspirações sérias à presença na segunda fase do Mundial2010 de futebol, num encontro em que Deco será a principal ausência. 

O médio lesionou-se na anca direita no treino de quinta feira e falhou as sessões de sexta feira e de sábado, esta já no Estádio Green Point, na Cidade do Cabo, palco do encontro. 

Tiago será o substituto natural de Deco no meio campo da seleção portuguesa, zona em que Pedro Mendes e Raul Meireles lhe deverão fazer companhia, embora possa haver a possibilidade de Pepe regressar à equipa. 

Eduardo é indiscutível na baliza, assim como a dupla de centrais formada por Bruno Alves e Ricardo Carvalho, enquanto Fábio Coentrão se deverá manter na esquerda, podendo Paulo Ferreira, que sentiu muitas dificuldades no nulo com a Costa do Marfim, perder o lugar para Miguel. 

No ataque, Simão deverá render Danny, apagado na estreia, ao lado de Cristiano Ronaldo e Liedson. 

A proximidade do encontro com o Brasil, já qualificado para os oitavos de final, poderá levar o selecionador português, Carlos Queiroz, a fazer algumas alterações, para ter os principais jogadores a cem por cento para o jogo de sexta feira. 

Homenagem a Saramago

A seleção portuguesa vai aproveitar ainda para homenagear o Nobel José Saramago, falecido na sexta feira, entrando no relvado com fumos negros, mas apenas nos casacos que os jogadores vestem para ouvir o hino. 

O encontro entre Portugal e a Coreia do Norte disputa-se às 13:30 locais (menos uma em Lisboa) e será arbitrado pelo chileno Pablo Pozo. 

Com um ponto resultante do empate com a Costa do Marfim (0-0), Portugal ocupa o segundo posto do Grupo G, atrás do Brasil, que após o triunfo da véspera sobre os africanos já soma seis pontos, enquanto a Coreia do Norte segue em 'branco'. 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.