Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Mundial-2010: Actualização permanente (12 de Junho)

Principais notícias Lusa de hoje sobre o Mundial. Clique para aceder ao índice do Dossiê Mundial-2010.

21h26 12/06/2010 - Grupo C: Inglaterra e EUA empatam 1-1

A Inglaterra e os Estados Unidos empataram hoje 1-1, no encontro inaugural do Grupo C do Mundial de futebol de 2010, disputado no Estádio Royal Bafokeng, em Rustenburgo.

A formação europeia adiantou-se logo aos seis minutos, por intermédio de Steven Gerrard, mas, aos 40, Clint Dempsey, jogador dos ingleses do Fulham, restabeleceu a igualdade, com a ajuda de um grande "frango" de Robert Green.

Na segunda parte, o "onze" comandado pelo italiano Fabio Capello desperdiçou várias oportunidades para voltar ao comando, mas os norte-americanos também podia ter chegado ao segundo: Green desviou para o poste direito um remate de Jozy Altidore, redimindo-se do golo sofrido, aos 65 minutos.

As duas equipas ficam provisoriamente na liderança do Grupo C, mas podem ser ultrapassadas domingo, quando a Argélia defrontar a Eslovénia, a partir das 13h30 locais (12h30 em Lisboa), em Polokwane.

A segunda jornada do agrupamento está marcada para sexta feira, com os embates Eslovénia-Estados Unidos, em Joanesburgo, e Inglaterra-Argélia, na Cidade do Cabo.

 

------------------------------------

20h59 12/06/2010 - Itália: Pirlo permanece na África do Sul, Cossu regressa a casa

O médio do AC Milan Andrea Pirlo vai permanecer com a seleção italiana de futebol no Mundial de 2010, na África do Sul, estando quase recuperado da lesão no gémeo da perna esquerda.

Desta forma, Andrea Cossu abandona o estágio da seleção transalpina e deve abandonar o continente africano nas próximas horas.

O jogador do Cagliari estava de prevenção, caso Pirlo, lesionado desde 03 de junho, não recuperasse.

O selecionador Marcelo Lippi, espera apenas utilizar o influente médio a partir da terceira jornada do Grupo F, com a Eslováquia, a 24 de junho, em Joanesburgo.

A Itália, campeã do Mundo em título, inicia a participação no primeiro mundial em continente africano segunda feira, num encontro com o Paraguai.

A Nova Zelândia é a outra seleção do grupo.

 

------------------------------------

20h20 12/06/2010 - Diretor da delegação uruguaia roubado em quatro mil dólares

Um diretor da delegação uruguaia ao Mundial de futebol, Ernesto Rodriguez Altez, foi roubado em quatro mil dólares num hotel da Cidado do Cabo, onde se alojou a seleção antes do jogo de sexta feira com a França.

O presidente da Associação Uruguaia de Futebol, Sabastián Bauzá, revelou que o dinheiro furtado "pertencia ao dirigente" e negou rumores que indicavam que outro diretor da comitiva, Daniel Marotta, tinha sido, também, roubado em oito mil dólares.

Os responsáveis pela delegação uruguaia não quiseram apresentar queixa pelo roubo à polícia da Cidade do Cabo, visto que tal iniciativa faria com que os outros dois diretores que partilhavam o quarto com Ernesto Rodriguez Altez não pudessem viajar de regresso a Kimberley, onde o Uruguai tem montado o seu "quartel-general", a 1 000 quilómetros de distância.

Um porta-voz da polícia da Cidade do Cabo o Coronel André Traut afirmou ter conhecimento do caso, mas esclareceu não haver "nenhuma investigação em curso em virtude de inexistência de uma denúncia por parte dos lesados".

O porta-voz do Comité Organizador do Mundial exortara, recentemente, todas as vítimas de roubos ou outros delitos a denunciá-los à polícia, para que esta procedesse às respetivas investigações.

De resto, à semelhança dos responsáveis uruguaios, também vários membros da delegação grega ao Mundial, há poucos dias vítimas de roubo no local onde a sua seleção está concentrada, próxima da cidade de Durban, não quiseram apresentar queixa na polícia.

 

------------------------------------

20h00 12/06/2010 - Stankovic e a "emoção" do terceiro Mundial pelo terceiro país

O médio do Inter de Milão Dejan Stankovic comete domingo a proeza de alinhar em três Mundiais em representação de três países, agora a Sérvia, depois da Jugoslávia (1998) e da Sérvia e Montenegro (2006).

Natural de Belgrado, Dejan Stankovic viveu o turbilhão político dos Balcãs e, é por isso, que sente a primeira representação da Sérvia, por si só, num Mundial, com "extrema emoção".

"Vai ser um jogo histórico para o futebol sérvio", disse o jogador, numa alusão ao confronto de domingo com o Gana, que, curiosamente, até é treinado por um sérvio.

Também Radomir Antic, selecionador da Sérvia e sérvio de nacionalidade, falou na importância do jogo de estreia no Mundial de 2010, na África do Sul.

"Estar aqui como nação independente, pela primeira vez na história, ainda nos dá mais motivação e força", explicou.

Do lado do Gana, o sérvio Milovan Rajevac falou dum "jogo especial", já que, do lado de lá, estará o seu país de origem.

"Não é uma situação fácil, é verdade, mas eu sou profissional e apenas posso pensar em vencer", disse.

Milovan Rajevac abordou também a ausência do lesionado Michael Essien, a grandes figura do Gana.

"Lamentamos que não esteja e sabemos da sua importância. Mas que fazer agora? O Mundial também perde com a sua ausência", disse o selecionador da equipa vicecampeã africana.

 

------------------------------------

19h28 12/06/2010 - Eslovénia quer esquecer derrotas de 2002

A Eslovénia quer esquecer no Mundial de futebol de 2010, na África do Sul, as três derrotas registadas em 2002 e a Argélia "dar tudo por tudo em nome do país", garantiram hoje os respetivos selecionadores.



As duas equipas defrontam-se domingo, na estreia de ambas no grupo C do primeiro campeonato do Mundo em solo africano.



"Agora, não há espaço para medos ou agonias. Vamos jogar pelo nosso orgulho", disse o selecionador da Eslovénia, Matjaz Kek.



O técnico esloveno garantiu uma "equipa pronta" e disse que a preparação para o primeiro jogo "decorreu como estava previamente delineada".



"Cada Mundial é um novo desafio e eu sinto que a minha equipa está motivada para fazer um bom torneio", sintetizou.



Pela Argélia, o selecionador Rabah Saadane garantiu "total confiança" para a estreia no Mundial2010, depois da participação nos torneios de 1982, em Espanha, e 1986, no México.



"Não temos nada a perder, mas sim muito a ganhar. Vamos dar 100 por cento em todos os jogos e, quando terminar a fase de grupos, logo veremos o que valemos e o que conseguimos aprender", explicou.

 

------------------------------------

19h20 12/06/2010 - Alemanha com "muito respeito" pela Austrália



O selecionador alemão Joachim Low garantiu hoje "muito respeito" pela Austrália, uma equipa "bem organizada", na antevisão ao jogo de domingo, da primeira jornada do grupo D do Mundial de futebol de 2010, na África do Sul.



"Estamos seguros da nossa qualidade, mas temos muito respeito pela Austrália. Não é uma seleção espetacular, mas é muito organizada e os jogadores são extremamente fortes do ponto de vista físico", disse Low.



Com a terceira seleção mais jovem do torneio (média de 25,4 anos), a Alemanha é, tradicionalmente, uma candidatas a conquistar o troféu.



Apesar disso, Low espera um Mundial "difícil", assim como o "capitão" Philipp Lahm.



"Queremos uma vitória sobre a Austrália, para renovarmos a confiança. A equipa é jovem, mas todos temos grande fome de triunfos", explicou.



Do lado da Austrália, o "capitão" Lucas Neill deu voz à ambição dos "Socceroos", embora tenha salientado igualmente o poderio da formação germânica.



"Será o jogo mais complicado para nós neste torneio (o grupo inclui ainda a Sérvia e o Gana). Efetivamente, a Alemanha é uma das grandes equipas presentes na África do Sul, mas nós estamos aqui para triunfar", assegurou.



Lucas Neill, que alinha nos turcos do Galatasaray, revelou que os "jogadores estão muito entusiasmados" e explicou que a Austrália "está a ganhar cada vez mais o respeito no Mundo do futebol".







------------------------------------

17h49 12/06/2010 - Curiosidades do Mundial



Curiosidades sobre o campeonato do Mundo de futebol de 2010, que se realiza na África do Sul, de 11 de junho a 11 de julho:



- Espanha favorita nas casas de apostas de Las Vegas

A seleção espanhola, que inicia quarta feira a participação no Mundial de futebol, num encontro com a Suíça, é a favorita a vencer o primeiro campeonato do Mundo em solo africano, de acordo com as casas de apostas de Las Vegas.



- Angela Merkel diz que Alemanha vai vencer 2-0 a Austrália

A chanceler alemã, Angela Merkel prognostica uma vitória do seu país sobre a Austrália por 2-0, domingo, na estreia germânica do Grupo D do Mundial da África do Sul.



- Vuvuzelas são o "símbolo" do Mundial

O Comité organizador do Mundial da África do Sul garantiu hoje que as vuvuzelas, que têm sido criticadas por jogadores e treinadores devido ao som estridente, são um "símbolo do torneio".



- Paraguai decreta feriado para jogo com Itália

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, decretou hoje que durante a tarde de segunda feira, dia do jogo do seu país com Itália, ninguém precisa de trabalhar.



- Pulseira da sorte

Os jogadores e restantes elementos da comitiva alemã presente na África do Sul vão usar sempre uma pulseira com as cores da bandeira do país, como forma de demonstrar "união e energia" para o torneio.



- O rebelde japonês

O futebolista japonês Marcus Túlio Tanaka pediu aos restantes companheiros para não ligarem às ordens do treinador, já que, na sua opinião, o futebol é diversão e cada um faz o que quer.





------------------------------------

17h10 12/06/2010 - Grupo B: Argentina vence Nigéria por 1-0

A Argentina venceu hoje a Nigéria por 1-0, em encontro da primeira jornada do Grupo B do Mundial de futebol de 2010, disputado em Joanesburgo.

Um golo de Gabriel Heinze, logo aos seis minutos, colocou hoje a Argentina a par da Coreia do Sul no topo do grupo B do campeonato do Mundo de 2010, no final do triunfo sobre a Nigéria.

Heinze, que já alinhou no Sporting e atua nos franceses do Marselha, foi o herói improvável do primeiro jogo de Diego Armando Maradona como treinador num Mundial, ao dar de cabeça a melhor resposta a um canto de Juan Veron, da direita, logo no começo da partida. Um grande golo.

Com o benfiquista Di Maria (saiu aos 84 minutos e deu o lugar a Burdisso) apagado e escondido na ala esquerda do ataque argentino, brilhou naturalmente o melhor do Mundo, Lionel Messi, e também Carlos Tevez, pronto para atacar da melhor forma o primeiro torneio no continente africano.

Campeões do Mundo em 1978 e 1986, os argentinos, sob o comando de Maradona - fez o último jogo de um Mundial como jogador precisamente frente à Nigéria -, mostraram grande organização defensiva e enorme apetência atacante e apenas não dilataram o marcador porque Higuain surgiu desastrado (três incríveis oportunidades desperdiçadas) e Messi teve no guarda-redes Vincent Enyeama (eleito melhor em campo) um adversário praticamente intransponível.

A Nigéria, orientada pelo sueco Lars Lagerback, ripostou bem no segundo tempo, com remates fortes de Taye Taiwo (lesionou-se aos 70 minutos e foi substituído) e de Obafemi Martins, aos 77.

Martins e Odemwingie, duas das grandes figuras da seleção nigeriana, iniciaram o jogo no banco, mas foi quando entraram que a equipa começou a demonstrar mais eficácia atacante e maior procura do golo.

Messi, que termina na África do Sul duas épocas de enormíssimo nível, parece continuar com as "pilhas" todas e, tal como Maradona deseja, demonstrou total capacidade para repetir o génio do agora treinador, que elevou o país das Pampas a melhor nação do Mundo em 1986, no México.

 

------------------------------------

17h05 12/06/2010 - Nani despede-se "com uma grande dor" da seleção portuguesa

O extremo Nani despediu-se hoje definitivamente da seleção portuguesa de futebol, depois de ter sido dispensado da equipa que vai disputar o Mundial2010, devido a uma lesão na clavícula esquerda.



Em declarações ao sítio da Gestifute, Nani disse que parte "com uma grande dor no coração", por considerar que "nada mais havia a fazer na África do Sul".



Nani lesionou-se no final de um treino, num momento em que a equipa fazia exercícios de finalização, tendo caído depois de fazer um pontapé de bicicleta.



"Não há palavras que descrevam o que senti naquele momento. E menos palavras há para explicar o que senti no momento em que me vi fora do Mundial. Foi um pesadelo que nunca pensei viver", disse.



O jogador do Manchester United revelou ainda que já foi "ultrapassada a fase de choque", embora ainda revele "amargura, desalento, frustração e raiva", por se ver impedido de "realizar um dos maiores sonhos".



"Estou fora do Mundial, não posso jogar, não posso ajudar a equipa a alcançar os seus objetivos, por isso decidi que o melhor seria regressar a Portugal para continuar com a minha recuperação", adiantou.



Nani, que foi substituído nos 23 eleitos pelo benfiquista Ruben Amorim, regressa, assim, a Lisboa para continuar o plano de recuperação à fissura na clavícula esquerda.



"Recuperar bem para iniciar a época no meu clube, fazer um bom estágio, e estar em grande forma para o arranque da época em Inglaterra. Quero estar em grande forma para, em setembro, voltar à seleção nacional e fazer parte do grupo que irá lutar pela qualificação para o próximo Europeu", garantiu.



Apesar de deixar a seleção portuguesa, Nani garante que continuará "próximo, muito próximo, vibrando, sofrendo e torcendo" pela seleção portuguesa.



"Que Portugal continue a trabalhar bem, que dê as mãos, que, unidos, ultrapassemos obstáculo a obstáculo, até ao objetivo final", pediu.

 

------------------------------------

15h43 12/06/2010 - Carlos Queiroz apenas mostrou o "futvolei"

A seleção portuguesa fez hoje o antepenúltimo treino antes da estreia no Mundial de futebol de

2010, mas, durante os 15 minutos abertos à comunicação social, apenas foi possível ver "futvólei".



O selecionador português, Carlos Queiroz, continua a esconder a estratégia para a estreia, frente à Costa do Marfim, a 15 de junho, em Port Elizabeth.



Durante o período aberto à comunicação social, apenas foi possível ver o grupo dividido em seis equipas, que disputaram três animados jogos de "futvólei".



A seleção lusa treina domingo pela última vez em Magaliesburgo, numa sessão marcada para as 16h30 locais (15h30 em Lisboa), antecedida pela conferência de imprensa de um jogador, às 15h45 (14h45).



Segunda feira, Portugal parte às 11:00 locais (10:00 em Lisboa) para Port Elizabeth, onde defronta no dia seguinte a Costa do Marfim, na primeira jornada do Grupo G do Mundial2010.





------------------------------------

15h39 12/06/2010 - FIFA investiga lugares vazios no jogo inaugural



A FIFA anunciou hoje ter lançado uma investigação às razões pelas quais muitos assentos no jogo inaugural do Mundial 2010, sexta feira, no Estádio de Soccer City terem estado vazios apesar da lotação estar oficialmente esgotada.



"Uma secção parecia estar vazia e as pessoas responsáveis pelos bilhetes estão a analisar o assunto", disse hoje o porta-voz Nicolas Maingot.



Uma das secções superiores do estádio, com capacidade para 94 700 lugares, estava preenchida por voluntários, mas algumas outras apresentavam clareiras consideráveis.



Apesar disso, o número oficial de espetadores no jogo de abertura do primeiro Mundial em solo africano foi de 84 490, o que constituiu um recorde absoluto em jogos da FIFA no continente africano.



O jogos entre a Inglaterra e os Estados Unidos, que hoje se disputa no Estádio de Royal Bafokeng, com capacidade para 45 000 espetadores, e entre a Nigéria e a Argentina, também hoje no estádio de Ellis Park, com capacidade para 62 500 espectadores, estão também com lotação esgotada.



O Coreia do Sul-Grécia, que se realizou no recinto de Nelson Mandela Bay e que terminou com o triunfo dos coreanos por 2-0, teve cerca de três mil lugares vazios.





------------------------------------

15h05 12/06/2010 - Simão Sabrosa: "Lesão de Nani não me garante titularidade"

O extremo Simão descartou hoje a garantia de titularidade na seleção portuguesa de futebol no Mundial2010 face à lesão do concorrente Nani, substituído no grupo pelo médio Ruben Amorim.



"De início, falava-se se jogava eu ou o Nani, mas estamos cá 23 jogadores. Nada confirma que eu seja titular. Há jogadores que têm muita qualidade e podem atuar na minha posição. Ter experiência e mais internacionalizações não quer dizer que tenha obrigatoriamente de ser titular. Vamos esperar para ver o que vai acontecer", justificou.



Depois de uma época desgastante, a única garantia de Simão é a de que ele e todo o grupo de trabalho estão a "100 por cento" face ao trabalho que têm desenvolvido na seleção.



"Sinto-me bem física e animicamente. Estou preparado para uma vez mais ajudar Portugal, vestir a sua camisola. Estou super-feliz por vir representar Portugal e estar no lote dos 23. Não seria caso de desilusão, mas talvez tristeza se não fosse titular. Será decisão do treinador", frisou.



O mais internacional "AA" entre os convocados de Carlos Queiroz recordou Nani e diz que todo o grupo ficou "triste" com a sua lesão: "Seria certamente uma concorrência saudável. Infelizmente não pode estar connosco. Estava num momento fantástico, iria ser muito importante para nós".



Simão deixou a garantia de que todo o grupo está com "muita alegria, ambição e vontade de começar a jogar o Mundial".



"Temos acompanhado os jogos, começou a entrar o bichinho de começar jogar esta grande competição. Que terça feira consigamos jogar ao nosso melhor nível e fazer um bom jogo", frisou.



O extremo do Atlético de Madrid admite que a equipa já sente "ansiedade", mas garante que esta é da "boa".



"Começou o mundial, temos estado atentos a todos os jogos. Começa a entrar a ansiedade de jogar, mas na hora de começar isso fica para trás e entra a concentração e a alegria de disputar um campeonato do Mundo. Que a ansiedade não seja um fator que nos venha a prejudicar".

 

------------------------------------

14h51 12/06/2010 - Paraguai: Cardozo já treina com o grupo

O avançado do Benfica Óscar Cardozo participou hoje pela primeira vez no treino do Paraguai e parece, assim, recuperado para o jogo com a Itália, segunda feira, do Mundial de futebol de 2010, na África do Sul.



O internacional paraguaio tem realizado apenas trabalho de ginásio, já que surgiu lesionado no tornozelo esquerdo. Cardozo lesionou-se ao serviço do Benfica, no encontro com o Sporting, da 26.ª ronda da Liga portuguesa.



No treino de hoje, que decorreu à porta fechada, o treinador argentino Gerardo Martino ensaiou a formação a apresentar segunda feira frente à Itália, atual detentora do título mundial.



Martino, ainda assim, foi ensaiando vários esquemas, até porque Edgar Barreto e Rodolfo Gamarra não estão a 100 por cento.







------------------------------------

14h23 12/06/2010 - Grupo B: Coreia do Sul vence Grécia por 2-0

A Coreia do Sul cumpriu hoje uma estreia brilhante no Grupo B do Mundial de futebol de 2010, ao bater a Grécia por 2-0, no Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth.

Le Jung-soo, aos sete minutos, e a "estrela" Park Ji-sung, aos 52, apontaram os tentos da formação asiática, que ficou a dever a Park Chu-young, com grandes falhanços aos 28 e 63, uma goleada histórica.

Ao 25. encontro em fases finais, a Coreia do Sul somou apenas o quinto triunfo e deu um passo de gigante rumo a ultrapassar a primeira fase, o que só conseguiu, em sete participações, quando foi anfitriã da prova, em 2002.



Por seu lado, a Grécia, que cumpre a segunda participação, continua em "branco", depois de nos Estados Unidos, em 1994, ter somado três derrotas em outros tantos encontros e não ter conseguido marcar qualquer golo e sofrido 10.



A jornada inaugural do Grupo B prossegue pelas 16:00 locais (15:00 em Lisboa), com o embate entre a Argentina, campeã mundial em 1978 e 1986, e a Nigéria, no Ellis Park, em Joanesburgo.

 

------------------------------------

13h22 12/06/2010 - Holanda: Arjen Robben já chegou à Africa do Sul

O avançado Arjen Robben, jogador do Bayern Munique, chegou hoje a Joanesburgo e já se juntou à seleção holandesa de futebol, que prepara a estreia no Mundial2010, segunda feira, face à Dinamarca.



Robben lesionou-se na coxa esquerda há uma semana, em Amesterdão, no particular com a Hungria, e, por esse facto, não partiu com os restantes 22 eleitos para a África do Sul.



O futebolista do Bayern Munique ficou em Amesterdão em tratamento, com o médico Dick van Toorn, que já avançou que Robben estaria "apto" clinicamente para o primeiro encontro da equipa "laranja" no Grupo E.



No entanto, o selecionador da Holanda, Bert van Marwijk afirmou que não vai utilizar Robben na estreia: "Temos de evitar uma possível recaída, até porque Arjen quase não tem jogado ou treinado nas últimas três semanas".







------------------------------------

12h59 12/06/2010 - Controlos anti-doping às 32 seleções todos negativos

Os controlos anti-doping realizados por sorteio a oito jogadores das 32 seleções participantes no Mundial 2010, na África do Sul, deram todos negativo, anunciou a Federação Internacional de Futebol (FIFA).



Dezoito equipas receberam a visita dos delegados médicos da FIFA ainda antes de chegarem a solo sul-africano e os outros 14 já foram controlados na África do Sul.



No total, antes e durante o Mundial2010, a FIFA efetuará um total de 512 controlos anti-doping, de sangue e urina, sendo que após os jogos serão sempre controlados dois futebolistas de cada equipa, escolhidos por sorteio.



Segundo o presidente da Comissão Médica da FIFA, Michel D'Hooge, o facto de não se registarem controlos positivos desde 1994 (Diego Armando Maradona) mostra que "não há cultura de doping" neste desporto.



"Fazemos 40 000 controlos por ano e existe o efeito medo da polícia. Os jogadores sabem que podem ser controlados. O futebol não é um desporto só físico, mas também técnico e de estratégia", frisou D'Hooge.



De acordo com o médico da FIFA, "não se pode dizer que não haja doping no futebol, mas sim que não há cultura de doping".







------------------------------------

11h50 12/06/2010 - Costa do Marfim: Drogba falhou mais um treino

O futebolista Didier Drogba, operado há uma semana a uma fratura no braço direito, falhou hoje o treino matinal da Costa do Marfim, a três dias da estreia no Mundial2010, face a Portugal.

De acordo com um porta-voz da seleção africana, Drogba voltou a fazer tratamento, não marcando, assim, presença junto dos seus companheiros, em Sharpeville.

Didier Droga continua em dúvida para o embate com o "onze" luso, da ronda inaugural do Grupo G, sendo que o selecionador da Costa do Marfim, o sueco e ex-técnico do Benfica Sven-Goran Eriksson só deverá decidir em "cima" da hora.

O avançado do Chelsea lesionou-se num particular com o Japão, a 04 de junho, na Suíça, e, então, foi mesmo colocada a hipótese de ter de sair do lote dos 23 eleitos.

O embate entre Portugal e a Costa do Marfim está agendado para as 16h00 locais (15h00 em Lisboa) de terça feira, em Port Elizabeth.

 

------------------------------------

07h18 12/06/2010 - Edinho admite que "experiência e vontade" da Grécia pode dificultar a favorita Argentina



O futebolista internacional português Edinho exclui a seleção grega do lote de "favoritos" do Mundial2010, que integra a Argentina, mas admite que a "experiência e vontade" helénica será um osso duro de roer.



"Por aquilo que conheço dos jogadores da Grécia, já que alguns foram meus colegas de trabalho, sei que vão fazer tudo para demonstrar a qualidade que têm e vão dificultar ao máximo a seleção argentina e as outras", explicou à Agência Lusa o avançado que esta época alinhou nos gregos do PAOK, por empréstimo do Málaga.



Edinho aposta nos helénicos, que hoje se estreiam face à Coreia do Sul, antes do Argentina-Nigéria: "Apesar de não serem um dos favoritos, a experiência e a vontade de se mostrarem poderá ser determinante".



"A Grécia tem jogadores com bom nível bom técnico e tático, acredito que vão fazer tudo para demonstrá-lo e, conhecendo bem a Grécia como conheço, tem uma palavra a dizer e não vai ser fácil ultrapassá-la", frisou Edinho, reconhecendo que o povo grego é "um pouco pessimista".



Apesar de reconhecer que "a Argentina é uma potência do futebol mundial, está bem orientada e tem jogadores de muita qualidade, que formam uma seleção muito forte", Edinho sublinha que, tal como os portugueses apreciam a seleção "celeste", também eles receiam a equipa das "quinas".



"Sabemos que a Argentina tem uma enorme qualidade, mas a Argentina sabe que Portugal também tem. No entanto, não podemos descurar as outras equipas. Eu penso que vai ser um Mundial altamente competitivo e as equipas têm de estar altamente concentradas, porque aquelas que pensarem que vão ganhar jogos só com o nome estão enganadas", salientou.



Aguardando a estreia da seleção portuguesa, terça feira, frente à Costa do Marfim, Edinho garante ter "100 por cento de confiança" na equipa lusa.



"Conheço bem o grupo, a qualidade que a equipa tem. Foi com muita tristeza que não fiz parte, mas acredito que não foi o meu adeus à seleção porque tenho qualidade para estar lá, e, acima de tudo, confio no selecionador que nos fez sair de um mau momento, que estávamos a atravessar na qualificação", explicou, enaltecendo a sua prestação nas suas cinco internacionalizações "AA": "Sempre que estive lá correspondi e acabei por fazer golos".



De "consciência tranquila" e certo de que a seleção lusa vai dar "muitas alegrias", Edinho destaca a "mentalidade" e a "ambição".



"Querer ser sempre favoritos e mais respeitados. Acredito que todos os portugueses vão ficar orgulhosos da nossa seleção", concluiu.



No segundo dia do Mundial2010, além da primeira jornada do Grupo B, defrontam-se ainda as seleções de Inglaterra e Estados Unidos, no primeiro jogo do Grupo C.

 

------------------------------------

06h43 12/06/2010 - Maradona e Di Maria estreiam-se frente a Nigéria com toque nórdico



A Argentina, uma das seleções favoritas ao triunfo no Mundial de futebol de 2010, estreia-se hoje na competição, sob o comando de Diego Armando Maradona, frente à Nigéria, na primeira jornada do Grupo B.



"El Pibe", que sagrou, como jogador, campeão do Mundo em 1986, vai pela primeira vez dirigir a sua seleção em campeonatos do Mundo mas terá pela frente uma sempre difícil formação nigeriana, num encontro agendado para as 16:00 locais (15:00 em Lisboa) no Ellis Park, em Joanesburgo.



Do lado dos sul-americanos, destaque para a esperada titularidade do benfiquista Di Maria e para a primeira aparição do astro Leonel Messi, melhor jogador da FIFA em 2009.



A dupla avançada constituída por Martins e Yabuku é a principal "arma" da Nigéria, que tem como treinador o sueco Lars Lagerback.



As duas seleções já se encontraram por duas vezes em Mundiais (1994 e 2002), com os argentinos a somarem dois triunfos: a primeira marcou a despedida amarga de Maradona dos Mundiais, vítima de um controlo anti-doping positivo.



No mesmo grupo, a Grécia, campeã europeia em 2004, e a Coreia do Sul, semifinalista no Mundial2002, estreiam-se em Port Elizabeth, naquele que será o primeiro jogo do dia, pelas 13h30 locais (12h30 em Lisboa).



Por seu lado, a Inglaterra, liderada pela experiência do técnico italiano Fabio Capello, entra em campo no Grupo C, em Rustenburg, pelas 20h30 locais (19h30 em Lisboa), frente ao Estados Unidos.



Na única vez que as duas seleções se encontram em Mundiais (no Brasil, em 1950), os norte-americanos bateram os ingleses por 1-0.

 

------------------------------------

06h43 12/06/2010 - Queiroz continua a preparar estreia com Costa do Marfim



A seleção portuguesa de futebol prossegue hoje a preparação para a estreia no Mundial2010 com um treino vespertino em Magaliesburgo, na África do Sul.



A três dias de defrontar a Costa do Marfim, em Port Elisabeth, o selecionador Carlos Queiroz afina as ultimas estratégias para atacar o primeiro desafio da competição, que em várias vezes definiu como o "mais importante".



O apronto tem inicio às 15h30 locais (14h30 em Lisboa) e os primeiros 15 minutos são abertos à comunicação social: antes, pelas 15h00 (14h00), um futebolista fala em conferência de imprensa.