Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Mundial-2010: Actualização permanente (11 de Junho)

Primeiro golo do Mundial 2010 foi apontado pelo sul-africano Siphiwe Tshabalala, de nada valendo a tentativa de defesa do guardião mexicano Oscar Perez

Martin Meissner/AP

Clique para aceder ao índice do Dossiê Mundial-2010

22h07 - 11/06/10 - Uruguai e França empatam

O Uruguai, mesmo com menos um jogador nos últimos 10 minutos, manteve hoje a vice campeã França a "zeros", numa primeira ronda do Grupo A do Mundial de futebol de 2010 em que ambos preferiram não perder.

Gauleses e uruguaios, que já foram campeões em casa, respetivamente em 1998 e 1930, tendo os sul-americanos ainda o título do Brasil1950, reeditaram o resultado de há oito anos na fase de grupos do Coreia do Sul/Japão2002, que contribuiu para a sua eliminação precoce.

Como a anfitriã África do Sul e o México também empataram a um golo, no encontro de abertura, as quatro equipas seguem com um ponto cada nesta "poule".

Os dois conjuntos evidenciaram muita cautela desde o apito inicial, com meios campos muito povoados e só ultrapassados pelas iniciativas de Ribery, do lado dos "Bleus", e de Forlan, do lado dos "Celestes", mas Gouvou atirou ao lado, aos sete minutos, e o avançado do Atlético de Madrid, aos 16, permitiu a defesa a Lloris.

Aos poucos, a França foi gozando de maior posse de bola, com destaque para Diaby, à medida que o Uruguai, apresentando o benfiquista Maxi Pereira e o portista Álvaro Pereira nos flancos, foi recuando para explorar os contra-ataques, mas só Gourcouff conseguiu incomodar o guarda-redes Muslera, na cobrança direta de um livre lateral.

Na segunda parte, tanto a equipa orientada por Raymond Domenech como os sul-americanos mantiveram as respetivas atitudes, sem resultados práticos, mesmo com as linhas avançadas refrescadas com Henry e Malouda e Lodeiro e Abreu, sucedendo-se alguns "tiros" de longe sem pontaria.

Até que, aos 81, a equipa orientada por Óscar Tabarez foi obrigada a cerrar ainda mais as suas fileiras. Lodeiro, entrado em campo aos 63 minutos, foi admoestado com um cartão amarelo dois minutos depois e só ficou em campo mais 16 minutos, devido a uma entrada dura sobre Sagna.

........................

África do Sul e México empatam 1-1 no jogo inaugural

A anfitriã África do Sul e o México empataram hoje 1-1 no encontro de abertura do Mundial de futebol de 2010, disputado no Estádio Socccer City, em Joanesburgo.

Um grande golo de Siphiwe Tshabalala, jogador dos Kaiser Chiefs, aos 55 minutos, deu vantagem ao "onze" do brasileiro Carlos Alberto Parreira, que em 1994 levou o Brasil ao "tetra" e iniciou hoje a sua sexta participação na prova como técnico, um recorde.

Mas, aos 79 minutos, os mexicanos restabeleceram a igualdade, por intermédio de Rafael Marquez, central do FC Barcelona, que aproveitou da melhor forma uma falha defensiva da equipa local.

Na parte final, a África do Sul, que antes do tento da igualdade já desperdiçara outras boas ocasiões, poderia ter chegado ao triunfo, mas Katlego Mphela atirou a bola ao poste direito da baliza mexicana.

A 1ª jornada do Grupo A fica completa com o encontro entre o Uruguai, campeão mundial em 1930 e 1950, e a França, vencedora em 1998 e vicecampeã em título, que se defrontam na Cidade do Cabo, a partir das 20h30 locais (19h30 em Lisboa).

........................

17h05 11/06/10 - Lesão de Drogba preocupa Eriksson

A quatro dias do encontro com Portugal, no Mundial de futebol 2010, a lesão do avançado Didier Drogba é a principal preocupação do selecionador da Costa do Marfim, o sueco Sven-Goran Eriksson.

A "estrela" da Costa do Marfim fraturou o cúbito num jogo particular com o Japão, já foi operado e está a trabalhar à parte dos restantes companheiros, para evitar qualquer choque fortuito que possa agravar a lesão.

"Apesar de estar a melhorar de dia para dia, não podemos arriscar a que sofra qualquer contacto agora. Hoje já vai treinar, mas temos de estar preparados para o pior", afirmou Eriksson, antes do treino de hoje.

Para o treinador sueco, a eventual ausência do jogador do Chelsea no encontro com Portugal, agendado para 15 de junho, "será um grave contratempo".

A Costa do Marfim integra o grupo G da primeira fase do Mundial 2010 juntamente com Portugal, Brasil e Costa do Marfim.

A finalizar, Eriksson afirmou que se "tivesse que apostar 100 euros nos principais favoritos à vitória final, apostaria 50 na Espanha e 50 no Brasil".

........................

16h06 11/07/10 - Cor e alegria na cerimónia de abertura

A África do Sul deu hoje as boas vindas ao primeiro Mundial de futebol a disputar no continente africano com um espetáculo colorido, num estádio Soccer City completamente lotado, por 90 000 espetadores. A cerimónia foi, no entanto, ensombrada pela ausência de Nelson Mandela, o primeiro Presidente negro do país, devido à morte de uma das suas bisnetas, hoje de madrugada, num acidente de viação.

Sob a lona gigante que cobria o relvado do estádio, surgiram dezenas de figurantes vestidos com trajes tradicionais, um escaravelho gigante, e um mapa do continente africano, no qual foram surgindo pegadas, caminhando de Sul para Norte, como fez a espécie humana.

No meio do círculo central surgiu depois uma réplica de uma tigela típica sul-africana, forma idêntica e tons terra idênticos à do estádio Soccer City, que hoje acolhe o jogo inaugural, entre a África do Sul e o México.

Barulho ensurdecedor

Depois, foi tempo de evocar os verdadeiros protagonistas da festa: as 32 seleções que vão disputar a prova, cuja final está agendada para 11 de julho. No centro do relvado, um grupo de figurantes vestidos de branco foram mostrando e ocultando os nomes, escritos em inglês, dos 32 países participantes.

O último, o da África do Sul, gerou um barulho ensurdecedor no estádio, que se manteve quando os mesmos figurantes "construíram" no relvado o logótipo oficial da competição.

Os aviões que tinham sobrevoado o estádio no início voltaram a fazer algumas acrobacias, enquanto muitos se apressavam a libertar o relvado, para dar todo o protagonismo ao "desporto rei".

*** Estes textos foram escritos ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.