Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Festa em Magaliesburg à chegada de Portugal

Milhares de adeptos trajados com as cores de Portugal receberam em Magaliesburg a seleção nacional, que vai preparar o Mundial-2010 na pequena localidade sul-africana. (Veja vídeos SIC da chegada) Clique para aceder ao dossiê Mundial-2010

Milhares de pessoas receberam hoje em festa a seleçao portuguesa na pequena localidade de Magaliesburg onde Portugal vai estagiar para o Mundial de Futebol.

A comunidade portuguesa compareceu em força, assim como muitos habitantes da localidade de Magaliesburg vestidos com as cores da bandeira de Portugal e ao som de música sul africana e das vuvuzelas, as cornetas tradicionais da África do Sul.

O autocarro que transportava os jogadores chegou às 12:15 locais (11:15 em Lisboa) seguido de centenas de carros que acompanharam a seleção nacional desde o aeroporto de Joanesburgo.

Pessoas trajadas com as cores de Portugal aguardaram ansiosamente em Magaliesburg pela chegada da seleção de futebol.      Portugueses, luso-descententes e africanos envergando t-shirts, camisolas, cachecóis ou bandeiras de Portugal embelezam a solarenga e minúscula Magaliesburg, que hoje ganhou uma vida que os locais jamais presenciaram.      "Toda a gente está entusiasmada com Portugal. É ótimo para a nossa terra que uma seleção tão forte e popular como a de Queiroz tenha escolhido trabalhar aqui. Estamos todos muito orgulhosos", resume Peter Welk, um septuagenário africânder.      Os últimos 1000 metros da seleção a caminho do hotel Valley Lodge vão ser feitos de muito apoio, cor e o ensurdecedor som das vuvuzelas, extremamente populares no país que as inventou.  

Vinho, caldo verde e bifanas 

Na rua principal de Magaliesburg espalham-se várias bancas onde são vendidos os tradicionais petiscos portugueses: mesmo com a hora de almoço algo distante, não falta já o vinho, caldo verde, pregos, bifanas ou frango.   As 07:00 já havia portugueses instalados nas imediações do Valley Lodge, montando acampamento com mesas repletas de comida.     "A ideia é não perder mesmo pitada da festa. Não é todos dias que temos a seleção connosco", refere o madeirense Steven Ferreira.     A seleção saiu de Joanesburgo, onde aterrou por volta das 10:10 (09:10 em Lisboa) e seguiu escoltada por centenas de motards. *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.

Receção à seleção em Magaliesburg: Chegada da seleção portuguesa ao aeroporto: Declarações de Carlos Queiroz à chegada: