Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Dunga pede desculpa por insulto a jornalista

Dunga desculpou-se por ter insultado um jornalista da Globo numa conferência de imprensa e pediu que apenas o deixem trabalhar.

O selecionador de futebol do Brasil, Carlos Dunga, desculpou-se hoje pela atitude imprópria que teve com um jornalista no Mundial2010, com ampla repercussão no país, e pediu que apenas o deixem trabalhar. 

"Quero pedir desculpa pela forma como me comportei. Ele não tem de saber algumas coisas, não tem de ouvir algum desabafo meu. Só tem de torcer pela seleção e ser feliz pelo que ela faz. E eu só quero fazer um bom trabalho pela seleção", disse. 

O desafio e insulto foram feitos na conferência de imprensa após o triunfo sobre a Costa do Marfim (3-1, domingo): os microfones apanharam as suas palavras impróprias. 

O descontrolo de Dunga poderá ter a ver com a situação de doença grave do pai, uma das referências na sua vida: "(O meu trabalho na seleção) é só mais uma oportunidade para lhe mostrar o que ele me ensinou. Um Homem para ser Homem deve ter virtude, posição, coerência, dignidade, transparência e pedir desculpa quando erra". 

"Os meus pais ensinaram-me que nunca devo desistir e ir sempre até ao fim. Mostraram-me que devemos ser patriotas, amar o país e fazer o melhor por ele, família e amigos. Temos de lutar por eles. As adversidades só fazem com que a gente cresça", concluiu. 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.