Siga-nos

Perfil

Expresso

Mundial - 2010

Argentina acaba com sonho grego

França, África do Sul, Grécia e Nigéria ficam pelo caminho. Uruguai, México, Argentina e Coreia do Sul rumam aos "oitavos". Do lado de Portugal, Rúben Amorim e Deco estão lesionados para o jogo com Brasil. (Actualização permanente: principais notícias Lusa de hoje sobre o Mundial.) Clique para aceder ao índice do Dossiê Mundial-2010

21h33 - Lista dos marcadores

- Três golos:

Gonzalo Higuain (Argentina)



- Dois golos:

Elano Blumer (Brasil)

Luís Fabiano (Brasil)

Lee Jung-soo (Coreia do Sul)

David Villa (Espanha)

Asamoah Gyan (Gana)

Kalu Uche (Nigéria)

Tiago Mendes (Portugal)

Diego Forlan (Uruguai)



- Um golo:

Bongani Khumalo (África do Sul)

Katlego Mphela (África do Sul)

Siphiwe Tshabalala (África do Sul)

Claudemir Barretto "Cacau" (Alemanha)

Lukas Podolski (Alemanha)

Miroslav Klose (Alemanha)

Thomas Mller (Alemanha)

Gabriel Heinze (Argentina)

Martin Demichelis (Argentina)

Martin Palermo (Argentina)

Brett Holman (Austrália)

Maicon Douglas (Brasil)

Jean Beausejour (Chile)

Mark Gonzalez (Chile)

Samuel Eto'o (Camarões)

Ji Yun-nam (Coreia do Norte)

Lee Chung-yong (Coreia do Sul)

Park Chu-young (Coreia do Sul)

Park Ji-sung (Coreia do Sul)

Didier Drogba (Costa do Marfim)

Niklas Bendtner (Dinamarca)

Dennis Rommedahl (Dinamarca)

Robert Vittek (Eslováquia)

Robert Koren (Eslovénia)

Valter Brisa (Eslovénia)

Zlatan Ljubijankic (Eslovénia)

Jozy Altidore (Estados Unidos)

Landon Donovan (Estados Unidos)

Michael Bradley (Estados Unidos)

Florent Malouda (França)

Dimitris Salpingidis (Grécia)

Vasilis Torosidis (Grécia)

Dirk Kuyt (Holanda)

Wesley Sneijder (Holanda)

Steven Gerrard (Inglaterra)

Daniele De Rossi (Itália)

Vicenzo Iaquinta (Itália)

Keisuke Honda (Japão)

Cuauhtemoc Blanco (México)

Javier Hernandez (México)

Rafael Marquez (México)

Yakubu Aiyegbeni (Nigéria)

Shane Smeltz (Nova Zelândia)

Winston Reid (Nova Zelândia)

Altolin Alcaraz (Paraguai)

Cristian Riveros (Paraguai)

Enrique Vera (Paraguai)

Cristiano Ronaldo (Portugal)

Hugo Almeida (Portugal)

Liedson Muniz (Portugal)

Raul Meireles (Portugal)

Simão Sabrosa (Portugal)

Milan Jovanovic (Sérvia)

Gelson Fernandes (Suíça)

Álvaro Pereira (Uruguai)

Luis Suarez (Uruguai)



Própria baliza:

- Um golo:

Park Chu-young (Coreia do Sul), a favor da Argentina.

Daniel Agger (Dinamarca), a favor da Holanda.

-------------------------------------------------------------------------

21h24 - Argentina e Coreia do Sul nos "oitavos"

A Argentina, com pleno de vitórias, após bater a Grécia por 2-0, e a Coreia do Sul, que empatou 2-2 com a Nigéria, qualificaram-se hoje para os oitavos de final do Mundial de futebol de 2010.

Um golo de Martin Demichelis, aos 77 minutos, na sequência de um canto marcado pelo benfiquista Angel Di Maria, entrado as 63, e outro do suplente Martin Palermo, aos 89, selaram o triunfo do "onze" de Diego Armando Maradona, que só manteve quatro titulares, entre eles o "capitão" Lionel Messi.

Os "albi-celestes" fizeram o pleno de nove pontos, contra quatro da Coreia do Sul, que esteve a perder (Kalu Uche inaugurou o marcador, aos 112 minutos), deu a volta (Lee jung-soo, aos 38, e Park Chu-young, aos 49) e deixou-se empatar (Yakubu Aiyegbeni, aos 69, de grande penalidade).

Com o desaire dos gregos, que já haviam ficado pela primeira fase na outra presença (1994), os africanos ficaram a um golo de repetir 1994 e 98, podendo queixar-se de falhanços incríveis, com destaque para um de Yakubu.

Nos oitavos de final, a Argentina defronta domingo o México, em Joanesburgo, enquanto a Coreia do Sul, que em sete participações só havia passado a primeira fase em casa (2002), mede forças sábado com o Uruguai.

-------------------------------------------------------------------------

21h22 - Nigéria e Coreia do Sul empataram 2-2

-------------------------------------------------------------------------

21h20 -Argentina bate Grécia por 2-0

A Argentina venceu hoje a Grécia por 2-0, em encontro da terceira e última jornada do grupo B do Mundial de futebol de 2010, disputado em Polokwane, na África do Sul.

-------------------------------------------------------------------------

18h36 - Selecionador do Uruguai diz ser "um insulto" pensar em resultados arranjados

O selecionador do Uruguai considerou hoje um "insulto" a alegada possibilidade de a sua seleção e a mexicana jogarem para o empate na última jogo do Grupo A do Mundial de futebol, que daria o apuramento aos dois países.



O Uruguai venceu hoje o México por 1-0, na última ronda da fase de grupos e as duas seleções garantiram a qualificação para os oitavos de final, em detrimento de África do Sul e França, que foram afastadas.



"Pensar nisso é um insulto para os jogadores e para os treinadores. As equipas querem sempre conquistar alguma coisa em todos os jogos",disse Óscar Tabarez, selecionador do Uruguai, garantindo "felicidade" pelo apuramento.



O avançado uruguaio Diego Forlan também rejubilou com o apuramento e garantiu que o "mais importante foi a qualificação em primeiro lugar do grupo".



Do lado do México, o selecionador Javier Aguirre lamentou a derrota perante o Uruguai, mas recordou que o mais importante, "a qualificação", tinha sido alcançado.



"O nosso objetivo está totalmente cumprido. Claro que gostaríamos de ter ganho e tudo fizemos para isso, mantendo o mesmo estilo de jogo. Não foi possível, mas estamos nos oitavos de final", sintetizou o treinador.



O capitão do México, Rafael Marquez falou num "jogo pouco conseguido" e garantiu que a sua seleção "tem agora de melhorar".

-------------------------------------------------------------------------

18h21 - Ministra dos Desportos considera eliminação da França "um desastre"



A Ministra francesa dos Desportos, Roselyne Bachelot, considerou a derrota (2-1) da França frente à África do Sul, que ditou hoje o afastamento das duas seleções do Mundial de futebol, um "desastre".

"Embora esta derrota já fosse esperada, estou desiludida. Regresso a França com o coração pesado, e apesar do belo golo de Malouda, estejogo foi um desastre. Estamos todos um pouco desesperados. Agora que vamos para casa iremos refletir sobre tudo o que se passou e tirar as devidas conclusões e consequências", disse Roselyn Bachelot, numa alusão não só ao jogo de hoje, mas a todos os incidentes que marcaram o estágio da seleção gaulesa para este Mundial.



A presença dos ainda vice-campeões do Mundo na África do Sul foi marcada pelo episódio dos insultos do avançado Anelka ao selecionador, Raymonmd Domenech, que foram divulgados pela imprensa francesa.



Anelka foi excluído do estágio e no seio o grupo gerou-se um espírito de rebelião que levou mesmo os jogadores a boicotar um dos treinos da seleção, na qual Domenech sabia, desde o início, ser um selecionador a prazo, estando anunciada a sua substituição por Laurent Blanc.

-------------------------------------------------------------------------

18h20 - Ruben Amorim pára seis dias, Deco confirmada lesão na anca direita

O médio Rúben Amorim vai parar seis dias devido a uma lesão na coxa esquerda, falhando o confronto com o Brasil e estando em dúvida para um eventual jogo de Portugal nos oitavos de final do Mundial2010 de futebol.



"O exame de ressonância magnética confirmou a lesão muscular da região anterior da coxa esquerda. Prevê-se um período completo de repouso desportivo de seis dias, com tratamento adequado e integração gradual no treino, a partir da próxima semana", informa hoje o boletim médica da Federação Portuguesa de Futebol.



Rúben Amorim foi o último jogador a integrar o grupo de trabalho de Portugal, tendo rendido o avançado Nani, que foi dispensado da turma das "quinas" já na África do Sul devido a lesão.



Em relação ao também médio Deco, a nota limita-se a confirmar a existência de uma lesão na anca direita.



"Fez o exame de ressonância magnética que confirmou a lesão tendinosa e reação inflamatória ao nível da anca direita. Mantém tratamento adequado e treino individual, de acordo com a evolução clínica", pode ler-se no boletim clínico.



Portugal defronta o Brasil na próxima sexta feira, no terceiro e último encontro no Grupo G do Mundial de futebol da África do Sul.



A seleção portuguesa, que soma quatro pontos, menos dois que o líder da "poule", o Brasil, tem praticamente garantida a passagem aos oitavos de final do Mundial2010 devido à goleada infringida à Coreia do Norte (7-0), após o empate sem golos (0-0) com a Costa do Marfim no jogo de estreia.



A Costa do Marfim, que soma apenas um ponto, defronta a Coreia do Norte no derradeiro encontro do grupo, também na sexta feira.

-------------------------------------------------------------------------

17h02 - Uruguai e México nos oitavos

O Uruguai venceu hoje o México (1-0) e ambos estão nos oitavos de final do Mundial de futebol de 2010, enquanto a anfitriã África do Sul despediu-se, mesmo vencendo a também eliminada França (2-1).

Um golo de Luis Suarez, avançado do Ajax, aos 43 minutos, selou o triunfo dos invictos sul-americanos, que conquistaram o agrupamento, com sete pontos (4-0 em golos), contra quatro dos mexicanos, segundos classificados.

Por seu lado, a África do Sul somou o primeiro triunfo, ao bater a França por 2-1, com tentos de Bongani Khumalo, aos 20 minutos, e Katlego Mphela, aos 37, para os africanos, e do suplente Florent Malouda, aos 70, para os gauleses.

-------------------------------------------------------------------------

14h33 - John Terry pede desculpa a Capello

O internacional inglês John Terry pediu hoje desculpa ao selecionador Fábio Capello por ter criticado publicamente a gestão da equipa no Campeonato do Mundo de futebol de 2010, a decorrer na África do Sul.

"Compareci na conferência e quis ser honesto. Colocaram-me a questão sobre Joe Cole e talvez tenha ido longe demais. Mas nunca foi minha intenção atingir o selecionador ou os jogadores. Se isso aconteceu, peço desculpa", disse o atleta, em declarações publicadas no jornal inglês Daily Mail.

John Terry criticou a personalidade autoritária de Capello e praticamente exigiu a colocação de Joe Cole no "onze" inglês.

A seleção inglesa ocupa o terceiro lugar do Grupo C, com apenas dois pontos em dois jogos.

"Quero concentrar-me na seleção e esquecer esse assunto. O importante é vencer a Eslovénia", concluiu Terry, em alusão ao jogo de quarta feira, o último da fase de grupos.

-------------------------------------------------------------------------

13h02 - Espanhol David Villa pode ser castigado por agressão (vídeo)

-------------------------------------------------------------------------

12h54 - FIFA pede a Portugal e Brasil para prescindirem do treino em Durban

A FIFA pediu às seleções de Portugal e do Brasil para evitarem treinar na quinta feira no Estádio Moses Mabhida, em Durban, na véspera de discutirem o primeiro lugar no Grupo G do Mundial2010 de futebol.

"Face a esse pedido, a federação está a equacionar realizar esse treino ainda em Maliesburgo", revelou o assessor de imprensa Onofre Costa.

Em causa está a preservação do relvado, que não se apresenta nas condições ideais.

Segundo o responsável federativo, esta questão está ainda em aberto, "tal como o local da conferência de imprensa de antevisão do desafio, que poderá decorrer já em Durban, como previsto".

Cumpridas duas jornadas, o Brasil, já apurado para os oitavos de final, lidera o grupo com o pleno de seis pontos, Portugal tem quatro, Costa do Marfim um e a Coreia do Norte ainda não pontuou.

-------------------------------------------------------------------------

11h55 - Eusébio classificou "simplesmente fantástica" vitória de Portugal sobre Coreia do Norte

A antiga estrela da seleção portugusa de futebol Eusébio, que em 1966 esteve na base da vitória (5-3) sobre a Coreia do Norte, considerou "fantástica, simplesmente fantástica" a goleada 7-0 de Portugal sobre a Coreia do Norte.

"Foi uma das maiores vitórias que já vi da equipa nacional. Marcar sete golos contra uma equipa que deu ao Brasil muito trabalho, mostra a qualidade que Portugal tem", acrescentou Eusébio, em declarações publicadas no sítio Internet da FIFA.

Eusébio evoca a sua experiência no mundial de 1966, em que marcou quatro golos na reviravolta no jogo contra a Coreia do Norte, depois de um resultado desfavorável de 3-0.

"Aquele jogo com a Coreia do Norte, um jogo que eu ainda tenho aqui na minha cabeça, em 66, o 0-3 para 5-3 foi fabuloso, foi fantástico, foi para mim o melhor jogo com a camisola da seleção nacional", observou Eusébio, em declaração editada no sítio da FIFA.

Eusébio mais nervoso a ver do que a jogar

"Eu acho que o melhor golo foi o terceiro, o golo do empate. E quando fiz o terceiro, respirei fundo", acrescentou.

Referindo-se ao jogo de segunda feira, Eusébio considerou que é difícil fazer comparações com o que jogou há quatro décadas.

"Sofres muito mais quando vês um jogo, do que quando o jogas. Mesmo quando estávamos a perder por três golos, não me senti tão nervoso como me senti hoje [segunda feira], pelo menos até chegar o segundo golo, e depois o terceiro e o quarto", indicou.

O obreiro da recuperação de 1966 contra a Coreia do Norte garantiu que acredita que os jogadores portugueses "podem fazer uma boa campanha neste mundial".

-------------------------------------------------------------------------

11h10 - Deco e Ruben Amorim realizam hoje ressonâncias magnéticas em Joanesburgo

Os médios internacionais portugueses Deco e Ruben Amorim, presentes no Mundial de futebol da África do Sul, deslocam-se hoje a Joanesburgo para realizarem exames de ressonância magnética.

Os dois atletas surgiram na segunda feira na ficha do jogo Portugal--Coreia do Norte assinalados como lesionados.

De acordo com nota da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Deco "mantém queixas dolorosas na anca direita", enquanto Ruben Amorim apresenta uma "mialgia da região anterior da coxa direita".

A FPF informa que Ruben Amorim se lesionou no treino que antecedeu o encontro com a Coreia da Norte.

Portugal está praticamente qualificado para os oitavos de final do Mundial2010, depois de ter goleado os coreanos por 7-0.

A seleção orientada por Carlos Queiroz está a treinar em Magaliesburgo, numa sessão assinalada pelas ausências de Deco, Ruben Amorim e Pepe, este último sem referência no boletim clínico, e ainda pelos atletas titulares no confronto de segunda feira, da segunda jornada do Grupo G do Mundial.

-------------------------------------------------------------------------

10h29 - Vitória portuguesa largamente destacada na imprensa europeia

Os principais jornais europeus dão hoje destaque e são muito elogiosos à vitória de Portugal por 7-0 frente à Coreia do Norte, alcançada na segunda feira no Mundial de futebol da África do Sul.

"Fim da travessia do deserto", escreve o alemão Tagesspiegel, de Berlim, na legenda de uma foto de Cristiano Ronaldo a marcar o seu golo pela seleção, quebrando um "jejum" de 16 meses, enquanto o Frankfurter Allgemeiene publica um artigo muito elogioso para a equipa das "quinas", com o título: "O primeiro festival de golos, e até Ronaldo marcou".

O Die Welt, em chamada de primeira página, afirma que "Portugal atropelou a Coreia do Norte com uma grande exibição" e o Bild, o tablóide mais lido na Alemanha, escolheu para título "7 X Portuknall", o que significa mais, ou menos, que Portugal explodiu sete vezes contra a Coreia do Norte. O mesmo jornal publica ainda uma sequência fotográfica do curioso golo de Ronaldo, com a legenda "A coisa mais louca fez Ronaldo".

Sem piedade

Em Espanha, o principal jornal desportivo, a Marca, refere que "Portugal renasceu com uma goleada" e "destruiu sem piedade a Coreia do Norte".

O As, outro desportivo espanhol, destaca que "Cristiano por fim marcou", depois de "mais de 16 meses" sem um golo em jogos oficiais da seleção.

"Portugal tem um ídolo, Cristiano Ronaldo, e um anjo, Raul Meireles. O médio do FC Porto foi o autor do golo que permitiu a Portugal vencer a repescagem contra a Bósnia e apanhar o bilhete para a África do Sul. E ontem voltou a mostrar a sua faceta de salvador da pátria, ao marcar o primeiro golo português em terras africanas", escreve.

Embora tenha dividido as suas páginas desportivas com a Espanha e os problemas na seleção francesa, a imprensa belga deu também grande espaço à goleada lusa.

Ronaldo "acordou"

"O cemitério dos Elefantes" foi o título escolhido pelo Le Soir, com um artigo ilustrado por uma foto de Cristiano Ronaldo antes do golo que marcou no jogo de segunda feira, com a bola nas costas, enquanto o diário La Libré Belgique optou pelo título: "Portugal vaporiza Coreia do Norte".

Por seu lado, o De Morgen titula "Portugal arrasa Coreia do Norte por 7-0", num artigo com imagens de Ronaldo e Raul Meireles e uma chamada à primeira página e o De Standaard também chama a vitória à primeira página, mas virando-se para a estrela portuguesa: "Ronaldo acordou".

A vitória expressiva de Portugal foi noticiada sem grande destaque na imprensa francesa, aliás como outros resultados do dia, nomeadamente a vitória da seleção da Espanha.

"Festival português" e "escândalo francês"

O L'Équipe, o maior jornal desportivo francês, resume o 7-0 como uma goleada que "arrasou a Coreia do Norte", enquanto o Le Monde coloca Simão como autor do "golo do dia" e fala do "festival português", num jogo em que "Portugal atomizou a Coreia do Norte" e que foi "o remake de 1966".

A atenção dos jornais franceses está concentrada no "escândalo" de uma seleção de França "em decomposição" e que pode hoje se despedir da África do Sul, após o jogo com a seleção anfitriã.

A imprensa britânica alude também ao jogo, tendo o Guardian realçado a estrela da seleção portuguesa: "Ronaldo em forma no destroçar da Coreia do Norte".

O Sun faz um jogo de palavras com o nome de Portugal para ilustrar a ideia de que os portugueses encantaram no jogo com a Coreia do Norte e que "aceleraram enquanto os coreanos amoleceram", tendo o Times salentando: "Ronaldo feliz por ser jogador de equipa no desbaratar da Coreia do Norte".

-------------------------------------------------------------------------

10h27 - Goleada de Portugal rivaliza com jogo da África do Sul nos jornais sul-africanos

A imprensa sul-africana destaca hoje a goleada portuguesa frente à Coreia do Norte no Mundial de futebol, mesmo em dia de jogo decisivo para a seleção anfitriã do campeonato.

O jornal Sowetan coloca a vitória da seleção de futebol portuguesa nas páginas centrais com uma fotografia de cada um dos golos e no artigo, que tem o título "7 up", refere: "Portugal goleia e até Ronaldo conseguiu marcar".

O The Citizen" tem uma chamada à primeira página, em que titula "Portugal esmaga Coreia do Norte" e insere uma foto de Ronaldo a abraçar Tiago.

"Puro prazer português"

O jornal em afrikaans Dieburger publica uma fotografia, a toda a largura da primeira página, de Ronaldo deitado no chão a rir e titula: "Puro prazer português".

A estrela portuguesa é também realçada no Cape Times, que tem uma fotografia do golo de Ronaldo na primeira página da secção de desporto, com a legenda "super-estrela voadora", enquanto no seu título dá espaço ao selecionador português: "Queiroz elogia Portugal pelo jogo bonito".

O Pretoria News apenas menciona o jogo decisivo de hoje entre a África do Sul e a França, em que as duas seleções precisam de vencer e esperar que não se verifique um empate no Uruguai-México, e não faz referência aos jogos realizados na segunda feira.

-------------------------------------------------------------------------

10h21 - Argentina a um ponto dos oitavos, França quase a dizer "au revoir"

A Argentina precisa de apenas um ponto frente à Grécia para garantir a qualificação para os oitavos de final do Mundial2010 de futebol, no dia em que a França pode dizer "au revoir" à competição.

México e Uruguai discutem terça feira a liderança do grupo A, sabendo que um empate qualificará as duas equipas para a ronda seguinte, afastando a França e a anfitriã da competição.

Em Rustemburgo, as duas seleções americanas, que comandam o grupo com quatro pontos, sabem que o empate chega, mas sabem também que a vitória, e a liderança da "poule", poderá evitar a temível Argentina, caso a equipa orientada por Maradona vença o grupo B.

Vida mais bem complicada têm a França, campeã mundial em 1998 e protagonista de vários escândalos na presente edição - ainda sem qualquer golo -, e a anfitriã África do Sul, equipas que hoje se defrontam, em Mangaung.

Só uma improvável combinação de resultados poderá permitir a qualificação dos anfitriões ou dos vice-campeões mundiais: a derrota de México ou Uruguai, aliada a um triunfo por, pelo menos, três golos de diferença.

Vida complicada para os anfitriões

A Argentina, a um ponto de assegurar em definitivo o apuramento para os oitavos de final, vai apresentar-se, em Pretória, com uma equipa "revolucionada" frente à Grécia, no encerramento do Grupo B.

A equipa de Diego Maradona é a melhor posicionada neste momento, mas, deste agrupamento, ainda está tudo por definir, pois também Grécia, Coreia do Sul e Nigéria têm hipóteses de entrar na fase a eliminar.

Do quarteto, os africanos são os que estão em pior situação, pois têm de bater a Coreia do Sul, no jogo de Durban, e esperar que a Argentina faça o mesmo aos gregos, em Polokwane.

Mesmo assim, só depois de feitas as contas do desempate, já que neste cenário, asiáticos, europeus (campeões do Euro2004) e africanos terminarão com os mesmos pontos (três, contra nove dos sul-americanos).

-------------------------------------------------------------------------

6h22 - Portugal volta a Magaliesburgo esperando novo banho de multidão

A seleção portuguesa de futebol aguarda hoje novo banho de multidão no regresso ao trabalho na pacata Magaliesburgo, ainda no rescaldo da goleada imposta à Coreia do Norte (7-0) no Mundial2010.

Tal como habitual, o selecionador Carlos Queiroz vai abrir aos adeptos o treino agendado para as 11:30 (10:30 em Lisboa), mas os jogadores mais utilizados vão ficar no hotel em recuperação física.

Mesmo tendo em conta que se trata de um dia a meio da semana, a Bekkers School deve abrir a cerca de 2000 adeptos, o número habitual de visitantes, sobretudo depois de um triunfo que colocou Portugal muito perto dos oitavos de final.

O internacional Deco, que falhou por lesão o desafio com a Coreia do Norte, na Cidade do Cabo, pode voltar a treinar, tal como Ruben Amorim, que tem apresentado queixas na coxa esquerda.

Portugal encerra a participação no Grupo G na sexta feira, em Durban, frente ao já apurado Brasil, com quem vai discutir o primeiro lugar: parte para esta ultima ronda com nove golos de vantagem sobre a Costa do Marfim.

-------------------------------------------------------------------------

5h38 - Goleada de Portugal foi o 1.º jogo trasmitido em direto pela televisão norte-coreana

Cúmulo da decepção na Coreia do Norte, a goleada de Portugal foi o primeiro jogo do Mundial transmitido em direto pela televisão norte-coreana, segunda-feira á noite.

Antes do jogo, o treinador norte-coreano, Kim Jong-hun, disse que a equipa iria dar o melhor para "apagar a mágoa de há 44 anos", quando a Coreia do Norte perdeu por 3-5 com Portugal, mas desta vez o resultado foi ainda pior: 0-7.

"A Televisão Central da Republica Democrática e Popular da Coreia (DPRK) nunca transmite em direto programas como os jogos do Mundial na Africa do Sul", realçou a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua, um dos raros orgãos de informação internacionais com correspondentes em Pyongyang.

"A transmissão em direto do jogo com Portugal demonstra que os cidadãos da DPRK adoram o futebol e que aquele jogo era importante para eles", acrescenta a Xinhua.

Mesmo o jogo com o Brasil, em que a Coreia do Norte perdeu apenas por 1-2 e cuja exibição animou a seleção norte-coreana, só foi transmitido no dia seguinte.

Sem dizer explicitamente que perderam...

"As duas equipas travaram um duelo equilibrado. Os jogadores da DPRK criaram boas oportunidades e mesmo depois de estarem a perder por dois golos nunca perderam a confiança", disse então a agência noticiosa oficial norte-coreana KCNA.

"Ao 88 minuto do jogo, Jong Ta Se passou a bola a Ji Yun Nan, que desferiu um poderoso remate para baliza da equipa rival, marcando um golo", acrescenta a KCNA, sem dizer explicitamente que a Coreia do Norte perdeu.

No final do jogo com Portugal -- disse a Xinhua, num relato enviado de Pyongyang -- um comentador da televisão local atribuiu a derrota com Portugal ao mau tempo, ao cansaço e à descoordenação entre os jogadores.

 

*** Estes textos foram escritos ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***