Siga-nos

Perfil

Expresso

Os dias de brasa no BCP

"É preciso encontrar uma estrutura de governo"

O fundador do BCP, Jardim Gonçalves fechou a Assembleia-Geral dizendo que deve ser feito um grande esforço em torno de um projecto de independência.

Ao cair do pano da Assembleia-Geral (AG) do BCP, Jardim Gonçalves afirmou que as medidas estatutárias que pretendia fazer não foram explicadas e disse ainda acreditar que existe um bom ambiente para encontrar uma estrutura de governo.

O fundador do BCP acrescentou também que deve ser feito um grande esforço em torno de um projecto de independência – projecto de longo prazo para que a instituição bancária não seja alvo de uma OPA.

Jardim Gonçalves recusou ainda ter qualquer problema com Paulo Teixeira Pinto, o actual presidente do BCP, com quem mediu forças nesta AG.

A Assembleia-Geral, que começou por volta das 16h, terminou às 18h.