Siga-nos

Perfil

Expresso

Os dias de brasa no BCP

Apoiantes de Jardim Gonçalves aumentaram

JP Morgan e Stanley Ho preparavam-se para votar ao lado do fundador do banco.

A lista de accionistas presentes na Assembleia Geral (AG) do BCP de 6 de Agosto revela que a JP Morgan e o empresário Stanley Ho apoiam as posições defendidas pelo fundador do banco, Jardim Gonçalves. Estes accionistas chegaram a ser apontados como apoiantes do presidente do BCP, Paulo Teixeira Pinto, mas quer a JP Morgan, com 1,67%, quer Stanley Ho, com 0,34%, foram representados na AG por administradores próximos de Jardim Gonçalves.

No total, a JP Morgan tem 2,98% do BCP, de acordo com a última informação prestada ao mercado, mas a participação está dividida por diferentes entidades pertencentes a este grupo, independentes entre si, o que justifica que nem todas as participações deste grupo votem no mesmo sentido. Por exemplo, a JP Morgan Private Bank estava representada na AG por Paulo Teixeira Pinto.

Mas a lista de accionistas revela outros nomes até agora desconhecidos: o grupo IPG Investimentos, especializado em gestão imobiliária, aparece com 1,09%, apoiando Jardim Gonçalves. O grupo é liderado por José Manuel Goes Ferreira, que é também quem está à frente de uma outra empresa, a SFGP, que tem sede no mesmo sítio que a IPG e controla 1,07% do BCP, apoiando igualmente Jardim Gonçalves. A provar-se a existência de concertação entre estas duas empresas, deveria ter sido feita uma comunicação ao mercado, na medida em que foi ultrapassada a barreira dos 2%, o que corresponde a uma participação qualificada que tem de ser tornada pública.

A Teixeira Duarte aparece com cerca de 6%. O grupo de construção é apontado como um dos principais apoiantes de Jardim Gonçalves e tem estado bastante activo na busca de uma solução para a crise que se vive no BCP. Já a Sonangol, que apoia Teixeira Pinto, aparece com 3% do banco.

A Fundação Ernesto Estrada, com 0,14%, também apoia Jardim, tal como o grupo A Santos (0,69%) e Mota-Engil (0,01%). A votar pelo fundador aparece ainda a BES Vida (0,09%).