Siga-nos

Perfil

Expresso

WikiLeaks Portugal

WikiLeaks: "Se queres um amigo em Washington, arranja um cão de água" português

Num telegrama de 2009, a embaixada dos EUA em Lisboa confirma que "a aceitação de um cão de água (pela Casa Branca) iria gerar enorme publicidade positiva" para a administração Obama em Portugal. Clique para visitar o dossiê WikiLeaks

"Se queres um amigo em Washington, arranja um cão de água" português, aconselha a embaixada norte-americana em Lisboa, num telegrama de março de 2009 tornado público pela WikiLeaks, sobre o animal de estimação da família Obama. 

Clique para aceder ao índice do dossiê WikiLeaks

No telegrama, de 10 de março de 2009, a diplomacia norte-americana em Lisboa confirma que "a aceitação de um cão de água (pela Casa Branca) iria gerar enorme publicidade positiva" para a administração dos EUA em Portugal. 

Reportando que a imprensa está "animada" com o facto de "a família (presidencial) Obama poder estar interessada em adquirir um cão de água português", a embaixada refere que o Turismo do Algarve pretendia oferecer um animal daquela espécie à Casa Branca. 

Publicidade positiva para a raça

"Em 1981, o cão de água foi registado no Livro do Guinness como a raça mais rara do mundo. Atualmente, existem mais de quatro mil cães de água registados em Portugal. Os cães de água são bem-humorados, bons com as crianças, não se babam e são hipoalergénicos", explica a embaixada norte-americana em Lisboa. 

De acordo com o telegrama, com referência 09LISBON144, Nuno Aires, vice-presidente do Turismo do Algarve, disse que a instituição "tem enfrentado dificuldades orçamentais" e que "se a família presidencial aceitar este presente a publicidade e o interesse esperados 'ajudariam a proteger o cão de água português'".

A WikiLeaks divulgou na quinta-feira na Internet novos telegramas da diplomacia norte-americana em todo o mundo, relativos a Portugal, Angola, Moçambique e Timor-Leste, entre outros países.