Siga-nos

Perfil

Expresso

Vulcão pára aviões

Portugal com 209 voos cancelados

A nuvem de cinzas do vulcão islandês levou ao cancelamento de 209 voos nos aeroportos nacionais até às 12h00 de hoje.

A nuvem de cinzas do vulcão islandês levou ao cancelamento de 209 voos nos aeroportos nacionais até às 12h00 de hoje, segundo uma informação divulgada pela ANA - Aeroportos de Portugal.

"Na sequência da nuvem de cinza proveniente do vulcão Eyjafjallajökull, na Islândia, e das perturbações atmosféricas e restrições em partes distintas do espaço aéreo nacional foram cancelados até às 12h00 de hoje 209 voos no conjunto dos aeroportos geridos pela ANA", refere a gestora dos aeroportos nacionais.

No aeroporto de Lisboa foram cancelados 97 voos (44 partidas e 53 chegadas), seguindo-se o aeroporto de Faro, com 37 voos cancelados (18 partidas e 19 chegadas).

 No Porto foram cancelados nove voos (duas partidas e sete chegadas). 

Açores e Madeira afectados 

No Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, foram cancelados 21 (11 partidas e 10 chegadas), e no aeroporto da Horta foram cancelados seis voos (três partidas e três chegadas). 

Em Santa Maria e nas Flores foram cancelados quatro voos em cada um dos aeroportos. No aeroporto da Madeira, gerido pela ANAM, foram cancelados 31 voos (17 partidas e 16 chegadas).

O vulcão islandês entrou em erupção a 21 de março, tendo provocado uma nuvem de cinzas que afetou o movimento aéreo no espaço europeu e, depois de um abrandamento, a actividade voltou a intensificar-se na quinta feira à noite.

 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.