Siga-nos

Perfil

Expresso

Face Oculta

Pacheco Pereira não comenta processo por difamação de Rui Pedro Soares

Pacheco Pereira recusou comentar o processo criminal por alegada difamação que o ex-administrador da PT Rui Pedro Soares anunciou interpor oa deputado do PSD. Clique para visitar o Dossiê Face Oculta

Pacheco Pereira escusou hoje comentar o processo criminal por alegada difamação que o ex-administrador da PT Rui Pedro Soares anunciou interpor, em resposta a declarações do deputado social democrata em audições na comissão de inquérito ao caso PT/TVI.    

Clique para aceder ao índice do Dossiê Face Oculta"Não tenho nenhum comentário a fazer" afirmou hoje Pacheco Pereira à Lusa, sobre o processo que Rui Pedro Soares anunciou na sexta feira que vai interpor contra o deputado.     "Pacheco Pereira usou e abusou da sua condição de membro da Comissão de Inquérito para me difamar soezmente, com a mesma certeza com que no passado garantiu existirem armas de destruição maciça no Iraque e com a mesma violência com que atacava quem à época não se deixava enganar", afirmou na sexta feira o ex-administrador da PT, numa nota enviada à Lusa por SMS.  

"Os tribunais decidirão se Pacheco Pereira é um homem íntegro ou se não passa dum difamador"

Neste caso, adianta o ex-administrador da PT na mesma declaração, o deputado social democrata Pacheco Pereira "irá ser responsabilizado criminal e civilmente" e "os tribunais decidirão se Pacheco Pereira é um homem íntegro ou se não passa dum difamador e dum tunante".     A comissão de inquérito à atuação do Governo na tentativa de compra da TVI visou apurar "se o Governo, direta ou indiretamente, interveio na operação conducente à compra da TVI e, se o fez, de que modo e com que objetivos" e se o primeiro ministro e o Governo "tinham conhecimento" da tentativa de compra da estação de televisão.     O relatório final, elaborado pelo deputado do BE João Semedo, conclui que o primeiro ministro e o Governo "tinham conhecimento" da operação da TVI, quando José Sócrates afirmou desconhecer o negócio. João Semedo conclui também que a tentativa de compra da TVI pela PT tinha a perspetiva da alteração da linha editorial da estação.    *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.