Siga-nos

Perfil

Expresso

Face Oculta

Inquérito PT/TVI: Aveiro envia mais material para o Parlamento

Procurador Marques Vidal enviou esta quarta-feira um segundo envelope aos deputados de comissão de inquérito do negócio PT/TVI, depois de já ter remetido na semana passada para o parlamento resumos das escutas do processo Face Oculta.

Micael Pereira (www.expresso.pt)

A comissão parlamentar de inquérito sobre os contornos políticos do negócio PT/TVI recebeu esta quarta-feira mais um envelope enviado pela Comarca do Baixo Vouga, em Aveiro.

O material remetido pelo procurador titular do processo Face Oculta, João Marques Vidal, vem na sequência de um outro envelope, entregue em mão aos deputados na semana passada, com resumos de escutas telefónicas relacionadas com a tentativa de compra de parte da TVI pela Portugal Telecom e com a alegada interferência do primeiro-ministro no negócio.

Enquanto os envelopes por abrir se acumulam no Parlamento, os dois vice-presidentes da comissão de inquérito, Osvaldo Castro (PS) e João Almeida (CDS-PP), decidiram cancelar a reunião de coordenadores prevista para esta quarta-feira de manhã, de forma a esperar pelo regresso dos Açores de Mota Amaral, presidente da comissão, para abrirem a correspondência entregue por Aveiro e decidirem o que fazer com ela.

Mota Amaral retido nos Açores

Mota Amaral era para ter regressado na terça-feira de uma viagem aos Açores, mas o cancelamento dos voos para Lisboa por causa da nuvem vulcânica que paira sobre o arquipélago fez com que fosse obrigado a adiar a sua presença no Parlamento.

O deputado social-democrata informara, no entanto, os seus colegas de que estariam autorizados a abrir o envelope com as escutas na sua ausência, o que não veio a acontecer.

Neste momento, apenas os membros do PSD e do PCP se mantêm interessados em consultar e utilizar as escutas para os trabalhos da comissão. Os outros grupos parlamentares têm invocado dúvidas sobre a legitimidade de poderem recorrer a escutas feitas no âmbito de um processo judicial para um inquérito com características exclusivamente políticas.