Siga-nos

Perfil

Expresso

Bento XVI em Portugal

Visita do Papa: 13 mil apoiam distribuição de preservativos

Mais de 13 mil fãs aderiram até hoje à página da rede social na internet facebook que promove a distribuição de preservativos durante a visita de Bento XVI a Portugal. Clique para aceder ao índice do dossiê Bento XVI em Portugal

A ideia partiu de três jovens do Porto e pretende ser uma ação de sensibilização no âmbito da luta contra a Sida. Reuniu entretanto o apoio de mais de 20 associações, entre elas a Abraço, Opus Gay e União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR).

Foi no facebook que foi criado o grupo "Preservativos 'ao' Papa em Portugal" e só em 24 horas alcançou dois mil simpatizantes. Desde 20 de março e até hoje já reuniu 13 035 fãs.

A iniciativa consiste na distribuição gratuita de preservativos e de panfletos com informação sobre a Sida junto aos locais onde o papa vai presidir às missas em Lisboa, Fátima e Porto.

Através da página do grupo no facebook é possível chegar a um blogue que informa sobre os locais de encontro dos voluntários que vão distribuir os preservativos e os sítios onde essa distribuição será feita.

Segundo os organizadores deverão ser distribuídos "milhares" de preservativos.

Os interessados em aderir a esta iniciativa devem vestir uma camisola branca, pôr um laço vermelho e levar uma mochila para transportar os preservativos.

Em Lisboa, a distribuição vai ser feita entre as 13h00 e as 18h15 de dia 11 de maio em diversas ruas do centro da cidade, antes da missa do Terreiro do Paço. No entanto, não haverá distribuição dentro da praça onde o papa vai celebrar a missa.

No Porto, a ação vai ocorrer após a missa, entre as 11h30 e os 12h00, nas ruas adjacentes à Avenida dos Aliados.

No blogue, os organizadores ainda não revelam como vai ser feita a distribuição em Fátima.

Bom senso deve prevalecer

De acordo com o blogue, a distribuição só poderá ser feita em locais onde seja possível circular livremente e a entrega dos preservativos deverá ser feita de forma simples, "sem uma abordagem incomodativa".

O porta voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), padre Manuel Morujão, disse hoje, em Fátima, acreditar que "vai prevalecer o bom senso" na distribuição de preservativos durante a visita do papa.

"Cada um é livre para fazer aquilo que quiser, mas o respeito fica bem a qualquer pessoa de esquerda ou de direita, católica ou agnóstica ou ateu", disse o padre Manuel Morujão.

O papa Bento XVI visita Portugal entre 11 e 14 de maio, com passagens por Lisboa, Fátima e Porto.

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.