Siga-nos

Perfil

Expresso

Bento XVI em Portugal

Alerta amarelo na visita de Bento XVI

A Protecção Civil vai ativar o alerta amarelo, segundo de uma escala de quatro, entre 10 e 14 de maio, período em que estará mobilizado o dispositivo especial de proteção e socorro para a visita do papa. Clique para aceder ao índice do dossiê Bento XVI em Portugal

A Protecção Civil vai ativar o alerta amarelo entre 10 e 14 de maio, período em que estará mobilizado o dispositivo especial de proteção e socorro para a visita do papa, segundo a Diretiva Operacional Nacional (DON).

Clique para aceder ao índice do dossiê Bento XVI em Portugal

O alerta amarelo, segundo de uma escala de quatro, vai ser acionado durante o período de vigência da DON, entre 10 e 14 de maio, sendo também ativada uma célula de acompanhamento da visita do papa no Comando Nacional de Operações e Socorro (CNOS).

A DON, disponível na página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), foi feita especificamente para a visita do papa com o objetivo de "responder com eficácia, rapidez e segurança às situações de proteção e socorro com uma forte articulação com as forças de segurança".

Dispositivo de proteção apresentado quinta feira

A ANPC apresenta na quinta feira o dispositivo especial de proteção e socorro à visita de Bento XVI, que estará em Portugal entre 11 e 14 de maio, com passagens por Lisboa, Fátima e Porto.

Corpos dos bombeiros, agentes de proteção civil, Força Especial de Bombeiros e serviços municipais de proteção civil são algumas das unidades envolvidas, que juntamente com as Forças Armadas, PSP, GNR, INEM, Cruz Vermelha Portuguesa vão atuar em Lisboa, Fátima e Porto nos domínios da emergência pré-hospitalar, acidentes, incêndios, assistência sanitária e apoio aos peregrinos.

De acordo com a Diretiva Operacional Nacional, dois helicópteros da Empresa de Meios Aéreos (EMA) vão também ser acionados durante a visita do papa, além dos dois helicópteros KAMOV ao serviço permanente da ANPC estacionados em Loulé e Santa Comba Dão.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.