Siga-nos

Perfil

Expresso

Second Life: O jogo da vida

Hotel português aluga quartos virtuais

O Dom Pedro Palace em Second Life é apresentado na BTL na próxima quarta-feira

O primeiro hotel português em Second Life chega pela mão da Dom Pedro Hotels, que na próxima quarta-feira apresenta a reprodução tridimensional do Dom Pedro Palace. Que não é o primeiro hotel europeu em SL.

José Antunes, enviado ao Second Life

Com muita da "mão-de-obra" entregue a João Luís Fontes, portuense, autodidacta e designer freelancer, cuja assinatura aparece por todo o lado no hotel - avatar joaoluis5858 foden - o Dom Pedro Palace que, na quarta-feira é apresentado oficialmente na Bolsa de Turismo de Lisboa, realizada na FIL, surge em Second Life perto do mar, numa ambiência mais agradável do que a zona da capital onde se encontra.

A cadeia turca Riaxos foi a primeira a abrir um hotel europeu em Second Life

A cadeia turca Riaxos foi a primeira a abrir um hotel europeu em Second Life

Excepto por isso, o hotel é o mesmo, com uma reprodução tridimensional que à falta de elevadores reais usa o sistema de teleporte de Second Life para levar o visitante a salas... que estão suspensas no vazio, muito acima do lugar onde o hotel se encontra, uma área que agrega um leque de edifícios de empresas portuguesas de Second Life.

Turcos na frente

O comunicado da Dom Pedro Hotels anuncia que se trata de uma estreia, com a "apresentação online do primeiro hotel europeu no portal Second Life", uma afirmação que coloca a Turquia, assim, fora do contexto europeu. De facto, foi a cadeia de hotéis Rixos Hotels quem primeiro, na Europa, abriu loja no Second Life.

O Turkey Rixos Hotel Group, uma cadeia de luxo, abriu em 2007 numa ilha de SL o seu hotel, com 40 quartos, spa, salas de reuniões, centro comercial e restaurante, pretendendo usar o espaço como usa os seus hotéis na vida real, e ainda como área de treino de funcionários, além de pretender recrutar para os seus quadros pessoas que começando a trabalhar no hotel em SL provem ser bons profissionais do sector... na vida real.

Os responsáveis da cadeia turca acham que a implantação de um hotel em SL serve para oferecer a estudantes área de turismo a oportunidade de experimentarem as soluções de gestão que depois podem, no futuro, implementar na vida real.

Starwood foi pioneira

Esta ideia de que os modelos virtuais podem ser usados para melhorar a realidade não é nova, nem sequer no ramo da hotelaria. De facto foi a cadeia de hotéis Starwood (proprietária dos Westin e Sheraton) que deu um passo pioneiro em Second Life, construindo ali um modelo virtual de um hotel da classe Aloft qhe pretende criar na vida real. A par com um protótipo erguido na vida real, nos Estados Unidos, mandou erguer um em SL, acessível por visitantes de todo o mundo.

O interior de uma sala de reuniões do hotel português em SL

O interior de uma sala de reuniões do hotel português em SL

Depois convidou as pessoas a hospedarem-se no hotel, passearem pelo mesmo e anotarem as suas preferências de cores, disposição de mobiliário e outros pormenores. Todo os dados recolhidos forma usados para tornar o hotel construído na vida real mais próximo das necessidades dos clientes. Para a empresa foi um exercício que valeu o tempo e dinheiro despendidos.

Outra cadeia a marcar presença em Second Life é a Intercontinental Hotels, proprietário dos Hollyday Inn e Crown Plaza, que abriu no Verão de 2007 uma ilha onde os homens de negócios podem ter reuniões em Second Life. Apesar de não ter erguido um hotel - porque em SL ninguém dorme, salientam os responsáveis da cadeia - a empresa decidiu criar salas de reuniões que permitem a grupos isolar-se dentro de SL, algo que por vezes é difícil de conseguir.

Reuniões de negócios

As empresas alugam espaços virtuais para que diferentes funcionários tenham reuniões... que parecem quase reais, com áudio, vídeo e outras opções próprias deste tipo de locais. Até é possível (veja em www.secondlife.crowneplaza.com/ fazer marcações na Internet.

Portanto, a entrada do primeiro hotel português em Second Life não é um acontecimento assim tão extraordinário, sendo mais um sinal de que até na hotelaria há quem pense que existe alguma utilidade em marcar presença nos mundos virtuais. Resta saber que uso vai dar a empresa a este Dom Pedro Palace em SL. As salas de reuniões sugerem que um modelo próximo do do Intercontinental pode estar na mente dos responsáveis. Mas isso só na quarta-feira, na BTL, será revelado. No mundo real, claro.

Israel virtual

Nem os israelitas aprecem resistir ao fascínio exercido pelos mundos virtuais. Depois de Irlanda, Marrocos, México, Irlanda, Holanda e outros países terem aberto delegações de turismo em Second Life, eis que SL Israel sobe ao palco, com reproduções virtuais de locais como a igreja do Santo Sepulcro, o Muro das Lamentações, a ópera de Telavive ou os jardins Bahai em Haifa. Pegue na família e dê um pulo a Israel. Sem sair de casa.

Empresas colaboram online

Um recente relatório da empresa de estudos de mercado Forrester indica que as empresas devem começar a preparar-se para uma mais intensa colaboração online, um tempo em que cada funcionário terá o seu avatar para efectuar contactos virtuais com os avatares de outras pessoas. É fácil imaginar os empresários portugueses a almoçarem uma sandes diante do ecrã do computador enquanto participam num almoço de negócios...

A CES virtual

A edição de 2008 da Consumer Electronic Show teve a sua dose de virtual, com a Cisco a celebrar dois anos de presença no mundo de Second Life, a Dell a mostrar interesse no tema e a Intel a falar de projectos que designa por... Terceira Vida. A Samsung, que explora as ligações entre os electrodomésticos e o equipamento de grande consumo e os mundos virtuais também aproveitou para salientar as vantagens que essa nova fronteira pode trazer ao mercado.

Emmys para mundos virtuais

O trabalho da Electric Sheep na criação do espaço da série televisiva The L Word em Second Life ganhou um Emmy na categoria de Tecnologia e Engenharia. Outro galardão foi também para a Electric Sheep pelo projecto Virtual Laguna Beach, realizado com a MTV. E a Linden Lab ganhou um outro pelas possibilidades de modificação de conteúdo de... Second Life.