Siga-nos

Perfil

Expresso

Referendo sobre o Aborto

"A Universidade Católica é um instrumento do Não”

No último dia de campanha Jerónimo de Sousa acusa as sondagens da Universidade Católica de serem instrumento do Não. A universidade não comenta.

O secretário-geral do PCP afirmou hoje que as sondagens publicadas pela Universidade Católica, em que são dados 16% de vantagem do Sim em relação ao Não, fazem parte de uma instrumentalização.

Segundo Jerónimo de Sousa o objectivo das sondagens é dar por adquirida a vitória do Sim por larga margem, e fazer com que muitos dos seus apoiantes deixem de ir votar, confiantes numa derrota mais do que certa do Não. "Temos que garantir todos os votos, porque em 1998 as sondagens davam a vitória ao Sim e depois tal não aconteceu", lembrou o líder comunista.

Contactado pela Lusa, Pedro Magalhães, responsável do Centro de Sondagens e Opinião da Universidade Católica não quis fazer qualquer comentário.