Siga-nos

Perfil

Expresso

Especial Referendo

Revista de imprensa internacional

Alguns títulos da imprensa internacional dão destaque ao referendo. Os principais são de jornais espanhóis e francófonos.

El País – 11/02/2007

O aborto divide Portugal
Os portugueses decidem hoje sobre a interrupção voluntária de gravidez, depois de uma luta intensa entre seguidores da igreja e o país laico.

 

El Mundo – 11/02/2007

Têm de votar 50% dos eleitores para que a consulta seja válidaFraca afluência às urnas e tranquilidade em Portugal no referendo do aborto.

 

ABC – 11/02/2007

Os indecisos marcam o referendo em que Portugal decide se despenaliza o aborto.
Até às 16 horas só 31,31% dos portugueses votaram no referendo sobre a despenalização do aborto, o que pode levar a uma abstenção superior aos 50%

 

Le Figaro – 10/02/2007

Os portugueses votam para a legalização da IVG
Os eleitores escolhem hoje através de um referendo se estão de acordo em relação à despenalização do aborto.

 

BBC News – 11/02/2007

Portugal vota na reforma do aborto
Votantes em Portugal vão decidir num referendo se as restritivas leis do aborto devem ser suavizadas.

 

CNN – 11/02/2007

Portugal vota as leis do aborto
Portugal vai decidir num referendo nacional este domingo se vão continuar com a actual e restrictiva lei do aborto ,ou se adoptarão uma lei mais liberal, aproximando o país da maioria das nações europeias.

 

Le Monde – 10/02/07

Portugal: A última escolha

 

Liberation – 10/02/2007

Contra ou a favor é hora da decisão em Portugal
Trinta e três anos depois do fim da ditadura, Portugal vai ficar com Malta, a Polónia e a Irlanda, e ser um dos quatro países europeus onde o aborto é quase impossível?

 

Le Point – 11/02/2007

Os portugueses pronunciam-se sobre a despenalização do aborto

 

Le Soir – 11/02/2007

Portugueses pouco participativos no referendo
Os eleitores portugueses foram às urnas este domingo, para se pronunciarem num referendo a favor ou contra a despenalização do aborto, que permitirá às mulheres interromperem livremente a gravidez nas primeiras dez semanas

 

Estadão – 11/02/2007

Portugueses se dividem em referendo sobre aborto
Apesar de as últimas pesquisas mostrarem que quase dois em cada três portugueses estavam a favor de eliminar a proibição ao aborto, o resultado não está garantido.